Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/05/2012 - Diário de Pernambuco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Delegada investiga falsificação de documento para visita íntima no Aníbal


No primeiro dia de visita íntima após graves denúncias de esquema de falsificação de documentos para entrada de adolescentes que são exploradas sexualmente dentro do Complexo Prisional Aníbal Bruno, os agentes penitenciários se mostraram mais atentos na fiscalização das visitantes. Oito mulheres foram levadas para a Delegacia de Plantão da Várzea depois de terem ido ao Presídio Antônio Luiz Lins de Barros com carteiras de visitação supostamente falsificadas. O caso está sendo investigado pela delegada Ana Lúcia Mongini. Até as 23h, a autoridade policial aguardava a confirmação da falsificação para autuar as suspeitas.

"Somente com a perícia do Instituto de Criminalística (IC), com a constatação por parte dos funcionários do setor psicossocial apontando que elas não poderiam ter o documento ou ainda com o reconhecimento da assinatura por parte do responsável pelas autorizações será possível confirmar ou não a fraude", informou a delegada. A Secretaria de Ressocialização de Pernambuco (Seres/PE) já conseguiu identificar os reeducandos envolvidos com o esquema e eles serão investigados pelo conselho disciplinar da unidade prisional podendo sofrer penalidades.

Na última sexta-feira (18), o Diario publicou com exclusividade detalhes sobre o esquema de exploração sexual que seria comandado por integrantes do grupo de extermínio Thundercats no Aníbal Bruno. Em nota oficial, a Seres informou que a revista e a segurança no Complexo Prisional estão mais rigorosas.

Atualmente, 300 agentes penitenciários são responsáveis pela guarda interna das três unidades. Além disso, aparelhos detectores de metal e de raio-x são utilizados na revista de todos os visitantes. Na semana passada, a Seres também anunciou que vai reforçar o esquema de segurança nas entradas das unidades do Aníbal Bruno. Em até 180 dias, familiares dos cerca de 4,9 mil presos devem receber as novas carteiras de identificação - que serão diferenciadas por três cores. Cada uma representará um grupo: esposas, pais e irmãos. Outro projeto é a aquisição de um aparelho de leitura biométrica, que também vai evitar as falhas na fiscalização.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 129 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal