Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

22/05/2012 - Agência Pará de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Desarticulado esquema de empréstimo consignado com documentos falsos

Por: Walrimar Santos

Três homens foram presos em flagrante, após 3 meses de investigações. Um carro e equipamentos roubados também foram apreendidos.

Policiais civis da Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe) desarticularam um esquema criminoso de empréstimos financeiros consignados com uso de documento falso. O caso foi apresentado, nesta terça-feira, 22, pelo delegado Rogério Morais, titular da Delegacia de Ordem Administrativa (DOA), unidade vinculada à Dioe.

Três homens - Bento da Silva Filho, 56 anos; Anilcimar Batista do Carmo, 40, e Diogo Gomes Ribeiro, 30 - foram presos em flagrante. Com Bento, duas carteiras de identidade falsas foram apreendidas. Os documentos com nomes de outras pessoas foram usados para obtenção de empréstimos em empresas de crédito pessoal na capital. Um carro Honda Civic e equipamentos eletroeletrônicos adquiridos com o golpe foram apreendidos.

As investigações duraram cerca de três meses. O flagrante se registrou na noite de ontem, quando os policiais civis abordaram Bento e Anilcimar em frente à empresa MG Crédito, na travessa Frei Gil de Vilanova com a rua Manoel Barata, bairro da Campina. Os dois iam tentar obter empréstimo no valor de R$ 10 mil usando uma carteira de identidade falsa.

Após a prisão dos dois, os policiais apreenderam um equipamento de som na casa de Diogo, no bairro de Águas Lindas, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. Outras duas pessoas são investigadas por envolvimento no golpe. Bento, Anilcimar e Diogo foram autuados por estelionato, uso de documento público falso, falsa identidade, falsidade ideológica e formação de bando ou quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 142 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal