Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

22/05/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dois casos de estelionato são registrados por dia em Uberaba, MG

Em 2012, até agora, a polícia já registrou 207 casos na cidade. 'É preciso evitar conversar com pessoas desconhecida', orienta PM.

Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, o número de vítimas de estelionato preocupa a polícia. De acordo com a Polícia Civil, no ano passado foram 639 ocorrências. Já em 2012, até agora, foram registrados 207 casos.

Alguns moradores do Bairro Parque das Américas foram vítimas de um estelionatário. Uma moradora, que não quis se identificar, contou que atendeu um homem que dizia vender convites para a missa de um padre, mas ela e os vizinhos descobriram mais tarde que o padre nunca marcou tal celebração. "Eu fui até a igreja no dia marcado e quando cheguei a igreja estava fechada, não tinha ninguém. Até hoje não sabemos o que aconteceu", disse a mulher.

O motorista, Lúcio Henrique Lopes, quase se tornou uma vítima de estelionatários. Há algumas semanas ele recebeu uma mensagem no celular dizendo que deveria retirar R$ 80 mil que ganhou na promoção de um programa da Rede Globo. Para o motorista a situação foi curiosa, pois ele nunca participou do sorteio. "Eu desconfiei que podia ser um trote, mas pensei em ligar para saber até onde eles iam com a história", afirmou o motorista.

Desconfiado da fraude, Lúcio ligou para o autor da mensagem e uma equipe de reportagem da TV Integração acompanhou a conversa. Na gravação, um homem atendeu e pediu que o motorista fosse a um caixa eletrônico. Lúcio simulou que estava em uma agência e o golpista pediu que ele falasse o saldo da conta corrente e abrisse a tela para transferência. Segundo o golpista, o motorista precisaria fazer um depósito de teste para receber o prêmio. Neste momento Lúcio preferiu interromper a ligação.

Golpes como este se enquadram no artigo 171 do Código Penal, que define vários tipos de estelionato. O número do artigo virou gíria no mundo do crime. No ano passado, 639 pessoas foram vítimas em Uberaba, de acordo com dados da Polícia Civil. Este ano já são 207, uma média de dois casos por dia. De acordo com a polícia, são fraudes como a saidinha de banco, a promoção da televisão e o golpe do bilhete premiado.

Segundo o tenente da Polícia Militar (PM), Ricardo Dolinski, a maioria das vítimas é de mulheres que estão sozinhas e a dica é sempre desconfiar. "É preciso evitar conversar com pessoas desconhecidas ao ser abordado e se receber uma proposta não aceitar", finalizou o tenente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 234 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal