Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

21/05/2012 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe do bilhete volta a fazer vítimas na Capital

Por: Adilson Rosa


O velho golpe do bilhete está de volta na Capital. Em poucos dias, foram três casos registrados em Cuiabá e as características fornecidas pelas vítimas levam a Polícia a suspeitar de que se tratar de um mesmo casal – um homem aparentando ter 60 anos, acompanhado de uma loira.

Apesar da Delegacia do Complexo do Planalto ter três registros, os policiais calculam que esse número seja ao menos o dobro, levando em conta também as tentativas.

Num dos casos, ocorrido no início do mês, a vítima é um aposentado de 69 anos que teve um prejuízo de R$ 7 mil ao ser abordado pelo casal na Praça Alencastro, no centro da Capital. Ele foi abordado por um senhor que aparentava ter cerca de 60 anos que disse ter ganho R$ 20 mil na loteria e era analfabeto. No momento em que dava atenção ao golpista, apareceu a loira que também faz parte do esquema. Ela afirmou que trabalhava num banco e pediu o bilhete. “O senhor não ganhou R$ 20 mil e sim R$ 2 milhões”.

O golpista então disse que se os dois – a loira e a vítima – lhes ajudasse, iria dar R$ 100 mil para cada um. Mas o golpista disse que precisaria ter uma garantia entre R$ 7 mil e R$ 9 mil.

“O aposentado ficou um pouco desconfiado, mas o olho cresceu e ele sacou R$ 5 mil na boca do caixa e mais R$ 2 mil do caixa eletrônico do Banco do Brasil, ali mesmo no centro”, explicou um policial.

Na parte final do golpe, a loira também entregou para o falsário R$ 9 mil e a vítima, R$ 7 mil. Todo o dinheiro foi colocado numa sacola. O golpista entregou o bilhete para a vítima e disse que ia ao banheiro. A loira deu uma desculpa e saiu. O aposentado, então, percebeu que caiu no golpe do bilhete.

A outra vítima caiu no golpe dias depois e teve um prejuízo de R$ 10 mil. “Foi tudo no mesmo esquema. Chegou o velho com o bilhete, depois apareceu a loira dizendo que o prêmio era de R$ 2 milhões”, afirmou o policial.

No final do ano passado, uma funcionária da Assembléia caiu no mesmo golpe e teve um prejuízo maior – entregou R$ 35 mil aos mesmos falsários.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 153 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal