Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/05/2012 - Yahoo Notícias / Agência O Globo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PT nacional vai analisar suspeita de fraude em prévia em Recife

Por: Letícia Lins


RECIFE - O Presidente do Diretório Regional do PT, Pedro Eugênio, informou na manhã desta segunda-feira que o PT nacional convocou reunião extraordinária para analisar a suspeita de fraude na prévia para a escolha do candidato do partido à prefeitura de Recife (PE), realizada domingo. O prefeito João da Costa foi o primeiro colocado com 51,9% dos votos, mas seus opositores afirmam que a votação foi marcada por fraudes, manipulação do judiciário e até por compra desenfreada de votos.

O deputado federal licenciado Maurício Rands, chefe da Casa Civil do governo de Pernambuco - acusa o prefeito de ter lançado mão de uma " lista pirata" para vencer o pleito "no tapetão". Rands disputou a prévia com o atual prefeito, que exigiu a indicação como candidato natural do partido, já que é gestor em exercício do mandato. O deputado já fala em pedir a expulsão de Costa do partido.

A acusação já tinha sido feita no domingo à noite pelo Secretário Geral do PT Nacional, Eloy Pietá. Ele acusa o grupo de João de Costa de ter fornecido informações falsas à Justiça, o que induziu ao erro que teria beneficiado o prefeito. Após uma guerra de liminares, a Justiça acabou dando direito de voto a 12 mil filiados, que segundo Pietá, não poderiam participar da prévia por não possuir tempo mínimo de filiação nem ter a anuidade e mensalidade quitadas.

O prefeito João da Costa contestou, nesta segunda-feira, as denúncias e estranhou o fato do diretório nacional estar convocando reunião extraordinária para decidir se homologa ou anula a prévia.

- O Diretório Nacional tem que respeitar a democracia interna do partido. A lista de votantes foi aprovada pelo Diretório Nacional. Se eles estão querendo minha expulsão, então tem que expulsar os mais de 7 mil militantes que votaram comigo - disse o prefeito, para quem o candidato derrotado está fazendo confusão somente porque perdeu.

João da Costa lembrou ainda que a homologação pelo diretório nacional já é praxe em todos as prévias. Disse que o " chororô" dos derrotados não contribui para a unidade do partido:

- Ele (Rands) quer ser candidato de todo jeito. Quer ganhar no tapetão. Agora estão querendo me expulsar do partido. Não sei se esse é o melhor caminho para a nossa unidade e para ganhar a eleição municipal. Espero apenas que a Executiva Nacional homologue o vencedor, que sou eu, com uma vantagem de 553 votos - disse o prefeito, que garantiu que não vai sair de jeito nenhum do PT:

- Eu não vou sair do partido. Quero saber se ele vai ter coragem de pedir minha expulsão. Sou candidato vitorioso e quem tem que disputar a prefeitura do Recife sou eu. Não é um pequeno grupo que me apoia como eles estão dizendo. Tive mais de 7 mil votos na prévia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 172 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal