Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

16/05/2012 - Jornal da Mídia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia desmancha esquema de venda de carteiras estudantis falsas


Salvador – Um esquema de venda de carteiras estudantis confeccionadas de forma ilegal, sem a devida comprovação de matrícula em instituição de ensino, foi descoberto no último fim de semana pela Delegacia de Repressão ao Estelionato e Outras Fraudes (Dreof). Numa casa situada no bairro Boa Vista do Lobato, os policiais aprenderam computadores, carteiras prontas e farto material para produção do documento que, mesmo fraudulento, permitia o acesso a estádios de futebol, cinemas, casas de espetáculos e outros locais de entretenimento pagando meia-entrada.

O golpe vinha sendo aplicado pelo presidente da entidade Aliança Baiana Secundarista e Universitária, Carlos Antônio Caldas Bomfim, e pelo cabeleireiro Renato Alves Lobo, autuados em flagrante por estelionato e falsidade ideológica, pelo delegado Charles Leão, titular da Dreof. A polícia apurou que eles agiam desde 2010, tendo distribuído, somente este ano, mais de 3 mil carteiras estudantis ilegais. A dupla foi presa no Comércio, no momento em que Renato recebia do sócio, dez carteiras de estudante, às quais revenderia por R$ 20 a unidade.

Apontado como responsável pela produção das carteiras, Carlos Antônio confeccionava os documentos em sua residência, em Boa Vista do Lobato, no Subúrbio Ferroviário. Utilizava duas CPUs, um notebook com o aplicativo para inserir os dados cadastrais dos adquirentes, três impressoras para imprimir as carteiras, diversas carteiras de estudantes e fichas cadastrais com dados de terceiros, várias planilhas de PVC e etiquetas prontas para produção dos documentos. Folders da entidade presidida, com sede na Carlos Gomes, no centro da cidade, também foram apreendidas no local.

A equipe da Delegacia de Repressão ao Estelionato e Outras Fraudes investiga a participação de outras pessoas no esquema, enquanto Carlos Antônio e Renato Lobo permanecem custodiados à disposição da Justiça, no Complexo Policial da Baixa do Fiscal. Todo o material apreendido será periciado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 295 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal