Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

08/05/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem 'come' cheque para destruir prova de crime, no interior do Ceará

Por: André Teixeira

Polícia diz que não tem prova de estelionato porque homem engoliu cheque. Homem usava identidades falsas e foi preso por falsificação de documentos.

Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (8) no Crato, interior do Ceará, após tentar aplicar um golpe de estelionato e comer um cheque para tentar apagar a prova do crime, de acordo com o delegado da Polícia, Flávio Santos. Segundo a polícia, o homem é suspeito de praticar vários golpes de estelionato na cidade.

De acordo com o delegado, o homem detido se oferece para trocar cheques de clientes de bancos e adultera os dados para aumentar o valor informado no cheque e sacar um valor maior. "Ele usa uma espécie de líquido para apagar um valor de R$ 100, por exemplo, e põe o valor que quiser", diz o delegado.

O suspeito foi preso nesta terça-feira com um cheque adulterado para R$ 5 mil e o valor real, segundo a Polícia Civil, era de R$ 100.

Ele foi preso na manhã desta terça em uma sede da Caixa Econômica. De acordo com o gerente do banco, o falso cliente usou três identidades falsas. O gerente suspeitou da adulteração do cheque e chamou a polícia federal. Segundo a Polícia Federal, o homem rasgou e engoliu o cheque antes de ser preso. O delegado da Polícia Federal na região do Cariri Gladstone de Aguiar encaminhou o caso à Delegacia Civil por entender que não houve crime contra a instituição federal, mas a um cliente do banco.

De acordo com o delegado da Polícia Civil Flávio Santos, devido ao fato de o suspeito ter engolido o cheque supostamente adulterado, não há provas do crime de estelionato. O delegado informou que vai pedir as imagens do circuito interno do banco para provar que o suspeito tentou apagar as provas.

O suspeito prestou depoimento na tarde desta terça-feira e foi preso em flagrante por falsificação de documentos, já que ele usou três identidades no banco, quando foi descontar o cheque.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal