Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/10/2007 - Jornal de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher é suspeita de fraudar documentos

Por: Marcelo Bressan


Uma mulher suspeita de fraudar documentos e cometer estelionatos em Limeira foi identificada e detida pela equipe do 3º DP (Vista Alegre) no final de setembro. Após receberem informações, por meio de denúncias, de que a costureira A.F.O.S., de 50 anos, estaria visitando estabelecimentos comerciais e oferecendo documentos fraudados, os investigadores localizaram a residência de A. e apreenderam diversos papéis, recibos, documentos, entre outros, além de equipamentos.

De acordo com um dos investigadores, as denúncias davam conta de que a costureira oferecia aos comerciantes a confecção de documentos falsos e propunha certa porcentagem caso fossem realizadas transações em nomes de "laranjas". As denúncias também indicavam que A. confeccionava e guardava documentos públicos - como cédula de identidade, CPF e Carteira de Trabalho.

Após 15 dias de investigações, a equipe solicitou à Justiça um mandado de busca e apreensão para averiguar o imóvel da costureira, localizado na Rua Manoel Toledo Rodovalho, no Jardim Nova Suíssa. Na casa, os investigadores encontraram uma máquina de preencher cheques, uma copiadora, agendas com anotações - como nomes, RGs, CPFs e veículos para aquisição -, além de relações de empresas. Também acharam diversos disquetes contendo cópias de declarações de Imposto de Renda de empresas da cidade, holerites, carnês de financiamento e vários documentos em nome de pessoas do Distrito Federal (DF).

"Inclusive, encontramos uma solicitação de linha telefônica para o endereço dela em nome de uma pessoa do Distrito Federal (DF)", afirmou um dos investigadores. A equipe descobriu que A. possui várias passagens criminais por estelionato no Estado de São Paulo, Sergipe e Pernambuco. A costureira também foi presa em maio pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) acusada do mesmo crime. Além dela, foram presos o seu marido M.S.L., 48, e H.R.F., 36.

Todos foram presos em flagrante acusados de falsificação de documentos e receptação, já que foi encontrado um veículo roubado na casa quando foram presos, além de vários documentos falsos em nome dos acusados. O marido da costureira permanece preso. De acordo com a investigação da equipe do 3º DP, A. estaria de volta à ativa, já que vizinhos disseram existir grande movimentação de pessoas que procuram a costureira - que realizaria "serviços de contabilidade" - em sua residência.

Um inquérito foi instaurado pelo delegado Mamede Jorge Rime, chefe do 3º DP, para apurar o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 393 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal