Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/05/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suspeita de fraude em licitação paralisa obras em Ouro Fino, MG

Segundo MP, pavimentação também estava irregular. Moradores reclamam do estado das ruas após início das obras.

O Ministério Público de Ouro Fino (MG) conseguiu uma liminar na Justiça para paralisar obras de pavimentação em algumas ruas da cidade. De acordo com as investigações do MP, há indícios de fraude na licitação da empresa escolhida para os serviços. Além disso, a promotoria aponta erros na execução do projeto.

De acordo com o promotor Mário Correa, a pavimentação das ruas estava irregular porque o solo não estava sendo preparado corretamente. “Além disso a largura das ruas deveria ser de sete metros e estavam sendo feitas com dois metros a menos. A promotoria vai entrar com uma ação pública para que sejam reparados os erros”, afirma o promotor.

Desde que a crise política em Ouro Fino começou no mês passado, duas trocas de chefe do executivo já aconteceram na cidade. A população reclama que o município parou com o entra e sai de prefeitos. Os afastamentos dos políticos e de funcionários públicos levaram o MP a pedir a paralisação das obras. A pavimentação de algumas ruas que começou em novembro, não pôde ser finalizada. A verba veio do governo do estado.

Os moradores organizaram um abaixo-assinado para que as obras continuem, mas a resposta não foi positiva. “O MP nos informou que as obras não vão continuar enquanto as investigações não terminarem ”, diz o artista plástico Emanuel José de Gusmão.

O atual Prefeito de Ouro Fino, Aparecido Nogueira de Sá, disse que vai encontrar uma solução para dar andamento nas obras que estão paradas. O MP também não soube informar quando os trabalhos serão retomados.

Na empresa responsável pelas obras, ninguém foi encontrado para falar sobre as irregularidades citadas pelo MP.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 206 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal