Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

25/04/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF investiga fraude na contratação do transporte escolar em Araçoiaba, PE

Polícia afirma que processo licitatório do serviço foi uma farsa. Suspeitos de participar da fraude foram ouvidos nesta quarta-feira (23).

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco começou a investigar uma denúncia de irregularidade na contratação do transporte escolar no município de Araçoiaba, na Região Metropolitana do Recife. O NETV 2° Edição mostrou que 16 suspeitos de participar da fraude foram ouvidos nesta quarta-feira (23).

Segundo a polícia, essas pessoas podem estar envolvidas ou saber de algum detalhe importante sobre a fraude para a licitação de transporte escolar em Araçoiaba. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Wagner Menezes, o processo licitatório foi uma farsa, simplesmente não aconteceu, não existe qualquer documento assinado.

A Polícia Federal informou que dois dos três supostos integrantes da comissão de licitação não sabiam que faziam parte do grupo. Mesmo assim, uma empresa de Itapissuma, também no Grande Recife, foi contratada e recebeu R$ 580 mil pelo serviço, que não foi prestado, segundo a PF. De acordo com a Controladoria Geral da União, o valor contratado foi superfaturado.

Até agora, quatro pessoas foram indiciadas. Entre elas, o dono da empresa contratada e o único integrante da comissão de licitação. As investigações, que começaram em setembro do ano passado, devem durar ainda dois meses.

O prefeito em exercício de Araçoiaba, Carlos Jogle, do PSDB, disse que essa licitação foi feita na gestão do prefeito afastado Severino Alexandre Sobrinho, do PMDB. Carlos Jogle falou, ainda, que quando assumiu a prefeitura no dia 09 de fevereiro decretou o cancelamento de todos os contratos firmados e que enviou a documentação de contratos suspeitos para o Tribunal de Contas e o Ministério Público.

O prefeito afastado de Araçoiaba, Severino Alexandre Sobrinho, disse que está preparando a defesa dele para poder se pronunciar sobre o assunto.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 107 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal