Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/10/2007 - Diário de Natal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude no INSS leva 23 à prisão

Por: Gabriela Freire e Eduardo Thomé


Após quase um ano de investigação da Força Tarefa Previdenciária, a Polícia Federal prendeu na manhã de ontem em Mossoró, 23 pessoas acusadas de fraudar benefícios previdenciários. Entre os detidos, oito servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o gerente-executivo e o chefe da Agência da Previdência Social (APS) local, dois advogados, uma secretária de Sindicato de Trabalhadores Rurais e beneficiários ou representantes legais. Também foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, um deles na APS de Mossoró. Os documentos apreendidos estão sendo analisados por técnicos da Previdência.

A rotina nos bairros próximos do centro da cidade de Mossoró foi quebrada com a ação que envolveu cerca de 130 homens da PolÍcia Federal do RN, Ministério da Previdência Social e o Ministério Público que deflagraram a ‘‘Operação Via Salária’’. A operação mirava a repressão de uma série de crimes que vinham sendo praticados contra a previdência social, somando prejuízo de R$ 4 milhões. Na cidade de Mossoró, onde funciona a agência regional do INSS que abrange agências de municípios como Areia Branca, Baraúna, Apodi dentre outros, foram cumpridos um total de 43 mandados - sendo 20 de busca e apreensão e 23 prisões -, solicitados pela Policia Federal e decretados pala 8ªVara Criminal.

Os agentes federais, capitaneados pelos delegados Angelino Alves e Marcos Sérgio, titular e adjunto da DPF de Mossoró respectivamente, entraram em ação a partir das seis horas da manhã. Atuando de forma simultânea, foram presos 19 pessoas em Mossoró, uma em Grossos, uma em Areia Branca, uma em Aracati e outra em Fortaleza, no Ceará. As 20 prisões ocorreram nas casas dos suspeitos onde foram encontrados equipamentos de informática e ainda na própria agência do INSS. Todos os objetos confiscados serão submetidos a uma rigorosa investigação. Diante do grande número de pessoas detidas e ainda farta quantidade de material, os delegados acharam por bem utilizar o Ginásio de Esportes Engenheiro Pedro Ciarlini para onde todos foram levados.

Após passarem por um exame de corpo de delito, feito pelos peritos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP), todos eles foram conduzidos para a carceragem da Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza. ‘‘A partir de amanhã (hoje) todos eles passarão a ser interrogados com base no que foi apurado nas investigações que vinham sendo feitas ao longo destes últimos oito meses’’, disse o delegado Angelino Alves.

MARANHÃO

Ação semelhante foi realizada na cidade de Bacanal, no Maranhão, onde outros três fraudadores da Previdência foram presos. Após quato meses de investigação da Força Tarefa, cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã de ontem. Assim, como no Rio Grande do Norte, os detidos eram servidores da APS do município e causaram prejuízos estimados em cerca de R$ 325,5 mil. Eles atuavam na concessão de benefícios previdenciários. A operação, que foi batizada de Tríade por ser formada por três fraudadores, envolveu 30 policiais federais e servidores do INSS.

A quadrilha do Maranhão também fraudava benefícios previdenciárias na área rural. Lá, os servidores fraudavam apenas pensões por morte. As investigações foram iniciadas após a constatação de indícios de irregularidades, como aumento da idade dos beneficiários mortos que geraram a pensão (instituidores) para justificar uma suposta convivência com companheiro fictício, atribuição a instituidores de CPF de terceiros, concessão de benefício com data de requerimento anterior à possível data do óbito do instituidor, inscrição dos instituidores no INSS após as possíveis datas de óbito, Instituidores com o mesmo endereço, instituidores quites com a Justiça Eleitoral após as possíveis datas de óbito.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 386 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal