Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/10/2007 - SEGS Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Roubo de documento pode ser comunicado a junta comercial


O Projeto de Lei 859/07, do deputado Neilton Mulim (PR-RJ), obriga a polícia a comunicar às juntas comerciais todos os roubos, furtos e extravios de documentos pessoais. Pela proposta, a Polícia Civil terá prazo de 24 horas após a emissão do boletim de ocorrência para fazer a comunicação.

O deputado lembrou que, hoje, quando um documento é roubado ou extraviado, a pessoa comunica à polícia, mas isso não impede a ação de bandidos que utilizam esses documentos para aplicar golpes, tais como abrir contas bancárias, habilitar telefones celulares, contrair empréstimos e abrir empresas. Segundo Mulim, isso acontece porque as ocorrências não são comunicadas às juntas comerciais. "A vítima acaba se tornando sócia de empresas que desconhece e que normalmente são usadas para fins ilícitos, prejudicando também a terceiros", argumentou Mulim.

O texto propõe que as ocorrências sejam usadas para atualizar o cadastro do Registro Público de Empresas Mercantis e Atividades Afins, criado pela Lei 8.934/94. O projeto de lei também define que o cadastro só será acessível a funcionários autorizados ou mediante requisição da Justiça ou do Ministério Público.

Além de determinar o envio das informações pelas polícias, o projeto também obriga as juntas comerciais a informarem, em 24 horas, às autoridades policiais sobre a utilização de documentos roubados em fraudes.

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 331 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal