Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

19/04/2012 - Jornal Floripa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apresenta suspeitos de fraude para obter visto para os EUA, em PE


Cinco pessoas foram presas suspeitas de tentar obter visto no consulado americano no Recife com documentos falsos. Um dos suspeitos, de 24 anos, foi preso em flagrante dentro do próprio consulado, com a documentação falsa. Os outros quatro foram presos no Aeroporto do Recife tentando embarcar para Goiás. A polícia realizou a apresentação dos suspeitos nesta quinta-feira (19) e as prisões foram efetuadas na segunda (16).

Nas bagagens, foram encontrados celulares, impressoras, computadores e documentação que a polícia já constatatou ser falsa. De acordo com a polícia, trata-se de uma quadrilha que cobrava R$ 1.400 para fornecer documentos falsos para a retirada do visto.

A ação que resultou na prisão dos cinco suspeitos durou apenas duas horas. Eles estão sendo indiciados por crime de estelionato, tentativa de estelionato e formação de quadrilha. "O consulado tem uma unidade interna de prevenção à fraude, especializada em verificar os documentos que são apresentados. Essa unidade percebeu indícios de que a documentação do candidtado na entrevista podia ser irregular. Averiguamos e constatamos que eram falsos e contatamos a polícia, para a prisão", explica Rubem Prado, gestor de segurança do Consulado dos Estados Unidos no Recife.

Os outros quatro suspeitos teriam fugido após perceber a demora do detido. A polícia conseguiu identificar o hotel que eles estavam hospedados, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, mas os homens já tinham encerrado a conta. "Com ajuda de fotos conseguimos saber que eles tinham seguido para o aeroporto. Contamos com o apoio da Delegacia do Turista e os prendemos quando iam embarcar", detalha a delegada Patrícia Martins, à frente da ação.

Um dos suspeitos tinha conseguido, inclusive, ter o pré-visto aprovado. "Quando a pessoa sai do consulado com o visto aprovado, o passaporte fica e depois é remetido pelo correio para a casa dela", diz Prado. "Eles apresentavam alguns documentos verdadeiros, como identidade. Cada um tinha sua especificidade, mas um estava com o contra-cheque maior que a realidade e um dos comprovantes bancários, que dizia que a pessoa tinha dinheiro, foi constatado ser falso", conta a delegada.

O suspeito de ser o líder da quadrilha, um homem de 40 anos, trabalharia melhorando os dados da pessoa para que ela fosse aprovada na entrevista e a treinando para se portar no consulado. "Os suspeitos afirmam que estariam indo para casa de parentes, para trabalhar nos Estados Unidos, ainda vamos investigar", afirma Patrícia. Com ele foram encontrados documentos de outras pessoas, além de material para a falsificação, como computador e impressoras.

As investigações vão continuar, em busca de outras pessoas que podem ter se beneficiado anteriormente e outros envolvidos, uma vez que o suspeito de ser líder da quadrilha já teria estado em 2011 nas proximidades do consulado. "A partir da investigação que foi produzida, conseguimos identificar que a base da quadrilha é em outros estados, principalmente em Goiás. Vamos pedir ajuda à Polícia Federal para dar continuaidade às investigações em outros estados", conta Antônio Barros, gestor do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 372 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal