Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

15/04/2012 - DireitoCE / O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Tem fim o contrato de empréstimo consignado para os funcionários do estado


Anúncio foi feito ontem pelo Secretário de Planejamento, Eduardo Diogo. Segundo ele, a ordem do governador, agora, é buscar responsabilidades. Eduardo Diogo anunciou, ainda, que as investigações continuarão

Responsabilizar culpados, seja por abusos nos empréstimos consignados ou por denúncias que não correspondem à realidade. A decisão de rescindir o contrato com a Administradora Brasileira de Cartões (ABC), para o Governo do Estado, não encerra o assunto, segundo informou, ontem, o secretário de Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo.

A determinação do governador Cid Gomes (PSB), segundo ele, é de continuar buscando responsabilizar culpados, estejam as denúncias corretas ou equivocadas.
“Se houve um beneficiário de modo não republicano, que este seja identificado e seja punido.

Mas, por outro lado, se houver um discurso evasivo, vazio ou mal intencionado, que esta pessoa seja responsabilizada”, afirmou Eduardo Diogo, durante coletiva à imprensa no prédio da Seplag.

Há cerca de seis meses, o deputado estadual Heitor Férrer (PDT) vem denunciando que há tráfico de influência na escolha, beneficiando empresas ligadas a um genro do secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Arialdo Pinho, além da atuação com exclusividade na intermediação de empréstimos consignados para servidores públicos estaduais, beneficiando-se com a aplicação de taxas abusivas de juros sobre cada uma das operações.

Nas próximas páginas, além de mais detalhes do anúncio de rescisão do contrato feito pelo governo, a repercussão na Assembleia Legislativa e histórias de servidores estaduais que se sentem prejudicados pelos juros praticados nos empréstimos consignados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 189 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal