Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

12/04/2012 - Barbacena Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso em Barbacena estelionatário que aplicava golpes em todo o país

Por: Bruna Macedo e Wellington Capistrano


A Polícia Civil de Barbacena prendeu na tarde de quarta-feira (11), um homem acusado de estelionato em pelo menos 6 estados brasileiros. O técnico de informática Edson Pereira Barbosa (43) teria chegado à Barbacena no dia 9 de março e se hospedou em um hotel na região central da cidade usando o nome do seu irmão. Desde então começou a visitar lojas de informática e lan houses onde oferecia o serviço de manutenção em notebooks.

Depois de ganhar a confiança dos empresários, o estelionatário, que se apresentava com outro nome, dizia que já havia trabalhado por anos na empresa “HP” e que teria acesso ao departamento técnico da empresa, possuindo lá vários amigos, sugerindo que os proprietários poderiam se credenciar para a marca. Para tal, começou a pedir dinheiro aos proprietários para equipar as lojas. Até o momento dois empresários de Barbacena teriam sido lesados, num total de R$ 5 mil.

De acordo com a Delegada de Polícia, Fátima Maria Campos, que ratificou o flagrante, o homem é acusado de aplicar o mesmo golpe em Varginha. Uma das vítimas é fornecedor de equipamentos para um dos empresários de Barbacena, que acabou desconfiando de Edson. Desde então a equipe de investigadores de Barbacena começou a monitorar o acusado e o prendeu em flagrante no hotel em que estava hospedado. Com Edson foram apreendidos documentos falsos, memórias para notebooks, um pen drive, e alguns outros equipamentos de informática. Edson será autuado pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e falsa identidade. A pena máxima pode chegar a 13 anos de prisão.

Participaram da prisão os investigadores Adriano Kilson, Neiva Batista, Alexandro Lanussi, além das escrivãs Andrea Filardi e Vânia Lúcia. Edson vai ficar preso em Barbacena. Até o momento ele se reservou ao direito de falar somente em Juízo.

Além dos prováveis golpes, Edson se envolveu com uma mulher de Barbacena. na Delegacia ela, que não quis ser identificada, contou que se relacionava há 10 dias com Edson (que usava o nome de Eduardo), depois de conhecê-lo pela internet. A mulher chegou a emprestar dinheiro para o acusado e desconfiou depois que ele começou a tratá-la mal.

Defesa – De acordo com os advogados do acusado, Marcelo Chaves e Paulo Fernando Carvalho, Edson alega inocência com relação ao crime de estelionato. Para o uso de identidade falsa, ele atribuiu a um problema que teria tido em Vitória, quando um ex-patrão, teria ficado com seus documentos. Na oportunidade ele foi preso e desde então passou a usar documentos falsos.

Os advogados disseram que já entraram em contato com a família de Edson, que teria residência fixa em Vitória (ES). A defesa vai entrar com um pedido de liberdade provisória. Eles ressaltaram também que não há mandado de prisão para o acusado.

Outras acusações – Edson foi preso em Vitória em janeiro de 2010, acusado de aplicar o mesmo golpe. O prejuízo da vitima pode ter chegado a R$ 1 milhão.

Em 2006 o programa Linha Direta da TV Globo mostrou os golpes aplicados por Edson. Na oportunidade foi apresentado que o acusado ludibriava mulheres através da Internet prometendo companhia e sossego.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1601 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal