Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

11/04/2012 - Diário de Marília Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude no tapa buraco já é alvo de inquérito civil

Vídeo mostra serviços na rua Monteiro Lobato, na região central.

O vídeo apresentado na última sessão da Câmara que revela fraude na operação tapa buracos de Marília já é alvo de inquérito civil instaurado pelo promotor do Ministério Público, Isauro Pigozzi Filho, desde maio do ano passado.

Segundo Pigozzi, a gravação entregue há quase um ano pode ser a mesma exibida na Câmara na segunda-feira (9). “Ao que tudo indica é o mesmo vídeo que possibilitou a instauração do processo que já possui quatro volumes e apura entre outras denúncias a compra de matéria prima, além do necessário, para executar obras”.

Constam no inquérito também documentos relacionados aos serviços prestados. O material foi apresentado pela prefeitura, Codemar (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Marília), o ex-prefeito Mário Bulgareli e a empresa terceirizada Banfor, que executou o tapa buraco no período de 2009 a 2011.

“Todos os envolvidos negaram a fraude por meio de documentos esclarecendo que a denúncia não procede”, disse. De acordo com o promotor os envolvidos apresentaram argumentos que já foram enviados para o Tribunal de Contas do Estado para passar por análise.

Ainda segundo Pigozzi, o próximo passo do inquérito será identificar quem são os responsáveis em fiscalizar a operação e convocá-los para prestar esclarecimentos.

Conforme apurou a reportagem do Jornal Diário a rua que aparece no vídeo é a Monteiro Lobato, localizada dois quarteirões abaixo do Hospital Materno Infantil, na região central de Marília. A via pouco depois de passar pela operação já apresenta inúmeros buracos. O taxista Nelson Vargas, 66, costuma passar todos os dias pelo trecho para buscar passageiros. “Não importa o quanto tapem os buracos, sempre tem um novo. Não sei qual é a qualidade desse asfalto que usaram nesta rua”.

Já na rua Professor Francisco Morato, logo abaixo da rua mostrada no vídeo, o morador Alziro Jacomini, 46, diz que há mais de um ano a operação não passa pela via. “Faz seis meses que existe uma cratera em frente à minha casa”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal