Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/04/2012 - Portal Terra / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Americana é acusada de fingir câncer terminal para pagar casamento


Uma americana de 25 anos foi detida e acusada de fraude por mentir que sofria de câncer terminal para receber milhares de dólares em doações que seriam destinadas para pagar a festa de casamento de seus sonhos, anunciou nesta terça-feira a Procuradoria Geral de Nova York.
Jessica Vega recebeu acusações de fraude, furto e falsificação de documentos, e pode ser condenada a uma pena máxima de 20 anos se for considerada culpada.

A nova-iorquina, segundo a Promotoria, anunciou em 2010 que padecia de um câncer terminal e por isso tinha apenas mais alguns meses de vida. Diante dessa condição, ela começou a pedir doações para ter o casamento dos sonhos antes de morrer.

Foi assim que ela recebeu milhares de dólares. Com o dinheiro, Jessica celebrou em grande estilo seu matrimônio e ainda viajou para um hotel cinco estrelas em Aruba na lua de mel.

No entanto, pouco tempo depois da festa, foi descoberto que Jessica não estava próxima de falecer, muito menos tinha câncer. A suspeita veio de seu marido, Michael O''Connell, que não sabia da verdade e começou a desconfiar do estado de saúde de Jessica com o passar dos meses.

Dessa forma, O''Connell procurou o suposto médico da sua esposa, que afirmou não conhecer Jessica e jamais tê-la atendido. Além de causar o divórcio do casal, a descoberta motivou o marido a contar o caso à imprensa local e a denunciá-la perante a Justiça.

"Ao mentir sobre sua doença terminal, Vega se aproveitou do bom coração e da generosidade da comunidade", disse em nota oficial o procurador-geral de Nova York, Eric Schneiderman. "Ela deverá prestar contas por ter enganado as pessoas", finalizou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 111 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal