Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/04/2012 - Portal Exame Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Visa e Mastercard orientam brasileiros sobre roubo de dados nos EUA

Por: Gabriela Ruic

Bandeiras reconhecem vazamento e declaram terem alertado bancos sobre os cartões de crédito afetados pela falha de segurança da Global.

São Paulo - O imbróglio envolvendo o roubo de dados de cartões de crédito Visa e Mastercard, causados por falha de segurança nos sistemas da Global Payments, uma das empresas que processam os pagamentos das bandeiras, deve ser observado com cautela também pelos brasileiros.

Procuradas por EXAME.com, Visa e Mastercard recomendam que os usuários preocupados com o incidente fiquem de olho na fatura e, caso alguma irregularidade seja percebida, devem procurar a entidade financeira emissora do cartão para maiores esclarecimentos e orientações.

As duas bandeiras envolvidas na confusão da Global, declararam reconhecer o incidente e dizem estarem investigando o fato. Além disso, já alertaram os bancos emissores de seus cartões sobre os números afetados pelo roubo para que providências pertinentes sejam tomadas.

A Visa, por exemplo, chegou a excluir a Global da sua lista de serviços aprovados depois que o incidente veio à tona na última sexta-feira. Suspeita-se que, entre os dias 21 de janeiro e 25 de fevereiro de 2012 uma invasão nos sistema da empresa tenha exposto dados de 1,5 milhão de contas, facilitando compras fraudulentas nos Estados Unidos.

Em seu comunicado oficial, a Visa declarou que não houve qualquer comprometimento de segurança em sua rede de processamento. De acordo com a assessoria de imprensa da bandeira no país, a recomendação é que consumidores chequem suas faturas e procurem reconhecer os gastos. Na ocasião de cobrança indevida, deve-se entrar em contato com a entidade responsável pela emissão do cartão.

A Mastercard declarou estar tomando as medias necessárias para proteger as informações das contas. A empresa também recomenda que os consumidores preocupados com a situação entrem em contato com a entidade financeira emissora do cartão. Por fim, enfatizou que os sistemas da própria Mastercard não foram afetados pelo vazamento de dados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 112 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal