Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

04/04/2012 - JC Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Paranaense é preso em flagrante ao tentar aplicar golpe no Recife


O paranaense Marcos Henrique Gasparoto, 40 anos, foi preso em flagrante na tarde dessa sexta-feira (30). Ele é suspeito de tentar vender, utilizando uma procuração falsa, um apartamento de propriedade de um suíço para quem trabalhava. O golpe foi descoberto pelo Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) da Polícia Civil de Pernambuco, que explicou os detalhes do crime na manhã desta quarta-feira (4).

Segundo o próprio Marcos Henrique, trabalhava como autônomo e morava em Portugal, onde administrava os bens de uma rede hoteleira do estrangeiro. Entre eles, estão dois apartamentos que ficam na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O suspeito teria falsificado uma procuração pública para vender, sem o consentimento do proprietário, um desses imóveis pelo valor de R$ 1,1 milhão. A vítima, um jovem empresário pernambucano, desconfiou do documento e foi checá-lo em um cartório de notas. Ele já havia pago R$ 110 mil, mas, através de uma liminar judicial, conseguiu bloquear a transação. A outra vítima do paranaense, o suíço ainda não localizado, deve prestar depoimentos quandor for encontrado.

O suspeito foi preso em flagrante ao tentar apresentar a documentação necessária para escrituração do imóvel e com ele, foram apreendidos os seguintes documentos: procuração e declaração de procuração falsas e termo de compra e venda do imóvel entre Marcos Henrique e o comprador.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rômulo Aires, toda a negociação fraudulenta aconteceu em apenas uma semana e, através da denúncia da vítima, a polícia conseguiu chegar ao paranaense. "O suspeito chegou a admitir a falsificação, mas atribui a produção dos documentos fraudulentos a um contador que nega participação e nem tem como estar envolvido", explicou o delegado.

Marcos foi autuado por estelionato e uso de documento falso. O inquérito deve ser concluído em até dez dias e, dependendo do resultado das investigações, o suspeito também pode ser indiciado por falsificação de documento público. Ele já foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everaldo Lima (Cotel) e poder pegar até cinco anos de prisão.

ALERTA - Os delegados responsáveis pela investigação, Rômulo Aires e Marcelo Guerra ressalta a importância de estar sempre atento a possíveis golpes e fraudes. A fragilidade da documentação brasileira atual é alarmante. "Estes tipos de crimes mostram a fragilidade destes documentos e o cuidado dobrado que as pessoas devem ter com suas documentações", alertou o delegado Aires.

A dica é não acreditar em documentos de valor contratual mínimo. "Antes de dar entrada na compra de qualquer imóvel, checar a veracidade dos documentos e não confie apenas em termos como a promessa de compra e venda", afirmou Guerra.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 269 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal