Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/04/2012 - Computerworld PT Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operadores móveis perdem milhões em fraudes

Estudo da Juniper Research sugere a utilização de melhor tecnologia de gestão fraude e de garantia de receitas.

Os operadores de comunicações em mobilidade perderam mais de 58 mil milhões de dólares no ano passado – mais de 6% das receitas globais – segundo um estudo da Juniper Research. As principais causas são a à gestão inadequada de fraudes e processos de garantia de receitas.
As previsões sombrias do trabalho sugerem que as referidas empresas deverão enfrentar um “cenário de pesadelo” nos próximos cinco anos, se tomarem medidas correctivas. O nível de perdas deverá crescer cinco vezes até 2016, segundo o referido estudo – “Mobile Revenue Assurance & Fraud Management: Business Strategies & Forecasts 2012-2016″.
Se não investirem em tecnologia para proteger as suas receitas, diz a Juniper, os operadores vão perder ainda mais quando a 4G afirmar-se no mercado.

O trabalho explica que os operadores foram obrigados a absorver e suportar um leque cada vez maior de dispositivos. E com o aumento no tráfego de redes móveis e as necessidades de gestão inerentes, os sistemas de facturação não acompanharam o ritmo.
Como resultado, diz Juniper, os operadores estão cada vez mais incapazes de monitorizar com precisão e eficiência o grande volume de transacções que ocorrem nas suas redes.
A complexidade aumentou a escala da quantidade de perda de receitas. O resultado é o crescimento das dívidas “más”e das oportunidades de fraude.
Com um investimento sustentado em tecnologia de gestão de fraude e de garantia de receitas, as “fugas” cairiam para 4% das receitas em 2016. Seria uma redução líquida de quase 15 mil milhões de dólares por ano, em comparação com 2011.
“Com o sector a caminhar de forma mais agressiva para um ambiente de 4G/LTE, os operadores arriscam minar quaisquer receitas efectivamente auferidas a partir de serviços de valor acrescentado, se não investirem em sistemas de suporte ao negócio”, diz Windsor Holden, co-autor do estudo. “Apesar dos seus custos iniciais, os sistemas de garantia de receitas e de gestão de fraude têm bases muito fortes de retorno de investimento.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 126 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal