Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

28/03/2012 - Aquidauana News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM de Anastácio prende quadrilha que praticava estelionato


Ontem por volta das 09h45, um homem de 36 anos procurou a Polícia Militar de Anastácio para denunciar um grupo de pessoas que teria vendido para ele algumas jóias como sendo de ouro. A vítima pagou pelos objetos a quantia de R$ 500.

Os policiais militares de Anastácio, de posse das informações e características dos autores, realizaram diligências e durante estas diligências os PMs receberam uma denúncia anônima relatando sobre um veículo GM Blazer, placas de São Paulo (SP), que estaria indo em direção a cidade de Miranda.

A GU PM rapidamente deslocou-se até a localidade indicada. Nas proximidades do km 499, BR 262, os PMs abordaram o veículo e constataram um homem de 76 anos, outro de 47 e uma mulher de 44 anos.

Eles estavam com várias jóias douradas, sendo oferecidas como jóias de ouro. No ato da abordagem os autores ofereciam aos moradores de uma fazenda na BR 262.

Mais a frente, os PMs localizaram um outro veículo pertencente à quadrilha, um GM Astra, placas do estado do Paraná. Um homem de 49 anos, outro de 45, uma jovem de 22 anos e outro jovem de 28 anos; foram abordados no Posto Pioneiro, BR 262. A vítima reconheceu dois dos autores, como sendo os mesmos que lhe venderam as jóias.

Com o apoio de uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal, os policiais militares do 7º BPM realizaram a escolta dos autores e os dois veículos até a DP de Anastácio, para as devidas providências e investigações da Polícia Civil.

Um dos autores confessou que os objetos eram adquiridos de uma relojoaria da cidade de São Paulo (SP), para serem revendidos como jóias de ouro.

A PM qualificou o crime como estelionato, entregando os setes autores à disposição dos investigadores da Polícia Civil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 121 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal