Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

28/03/2012 - Diário de São Paulo / Agência Bom Dia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dona de casa perde R$ 50 mil em golpe do bilhete

A senhora de 54 anos foi enganada por um casal dizendo que havia sido sorteado em um prêmio da Caixa.

Uma dona de casa de 54 anos procurou o plantão policial de Bauru para registrar boletim de ocorrência sobre estelionato.

Ela contou aos policiais que na manhã desta quarta-feira, saía de sua casa para levar o carro à oficina mecânica quando um senhor gordinho, baixo, de cabelos brancos e pele clara dizendo se chamar José pediu sua ajuda.

O senhor contou que mora em outro estado, mas que estava passando uns dias no sítio de sua irmã, em Pederneiras, e que precisava de ajuda já que não conhecia Bauru. Disse que, dias atrás, havia comprado um bilhete da loteria federal, de um senhor chamado Luiz Adeb, e que este senhor o havia procurado para falar que o bilhete fora premiado.

Neste momento, uma mulher morena, de pele clara e estatura média, que se apresentou como Kelly, parou ao lado dos dois e disse que teria um amigo que trabalha na Caixa Federal e que poderia ajudar José. Kelly falou com alguém ao celular e em seguida confirmou que o bilhete de José realmente estava premiado, no valor de R$ 1.780.000,00.

José então pediu que a dona-de-casa e Kelly o ajudassem a resgatar o prêmio, prometendo R$ 150 mil como agradecimento para cada uma delas. Ele solicitou apenas que elas dessem uma garantia até que o dinheiro fosse resgatado.

A vítima entrou em contato com a Caixa Federal e retirou a quantia de R$ 50 mil de sua conta. Como José estava passando mal, Kelly pediu que a dona-de-casa fosse até a farmácia comprar um remédio e que deixasse o envelope com o dinheiro no carro, já que seria muito arriscado andar pela rua com aquela quantia.

A mulher obedeceu e quando voltou da farmácia, Kelly e José haviam desaparecido. Ela ainda informou aos policiais que Kelly teria lhe mostrado uma sacola cheia de dólares, que seriam entregues a José como sua parte da garantia, o que levou a vítima a confiar nos criminosos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 127 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal