Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

30/03/2012 - pernambuco.com / Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso estelionatário que ganhava R$ 60 mil por mês com golpes


O velho “conto do vigário” está a solta nos sistemas de venda on-line. Em Minas Gerais, pelo menos 100 pessoas foram vítimas de um técnico de informática de 23 anos. De acordo com as investigações, Gustavo de Souza Velloso anunciava vários produtos eletrônicos, a maioria iphones e tablets em sites, jornais e revistas e, após a venda, as mercadorias não eram entregues aos consumidores. Ele também comprava mercadorias de outros sites e falsificava os comprovantes de pagamentos para receber os produtos. “Trata-se de um círculo vicioso: ele vendia, recebia o dinheiro, não entregava a mercadoria e ainda não pagava pelo produto comprado", resumiu a polícia. Além de Minas Gerais, o homem também fazia vítimas em São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás. Para cometer aplicar os golpes, ele usava o nome falso de Leandro Rossi.

Gustavo foi preso em flagrante nessa quinta-feira pela equipe da Delegacia de Crimes Cibernéticos no momento em que tentava fazer mais uma vítima em plena Avenida Pedro II, em Belo Horizonte. Ele era investigado em cinco inquéritos há pelo menos dois anos e a estimativa é de que faturava cerca de R$ 15 mil por semana com os golpes. Velloso fez tantas vítimas que até ganhou um blog na internet, que contava com centenas de membros revoltados com os golpes. Durante a apresentação na manhã desta sexta, o homem foi reconhecido por mais quatro vítimas.

Os investigadores acreditam que mais pessoas estejam envolvidas no esquema, mas não divulgou detalhes para não comprometer o andamento das investigações. O suspeito, que nega todas as acusações, foi autuado em flagrante por estelionato, crime que prevê pena de reclusão, de um a cinco anos, e multa e ficará à disposição da Justiça.

Cuidados

Fazer compras pela internet é uma prática que exige cuidado e atenção. Para não sofrer prejuízos é necessário buscar informações sobre a empresa antes de adquirir qualquer produto. No Brasil não existe uma legislação específica no que se refere à compras feitas online, mas o Código do Consumidor regula esse tipo de comércio. Segundo o Procon, cada vez mais popular, essa modalidade de venda deve crescer mais nos próximos anos e para evitar problemas é importante que o consumidor verifique sempre se a empresa é verdadeira e leia com atenção as condições de compra.

Os especialistas ressaltam que a dica é sempre verificar se a empresa é idônea, se ela cumpre com os prazos estipulados. Além dissso, é possível verificar no Procon uma lista com as empresas que são alvo constante de reclamações. O consumidor pode ligar no Procon do respectivo estado e perguntar se existe reclamação contra a empresa em que ele deseja efetuar a compra.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 124 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal