Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

22/03/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Farmacêutico é preso por vender atestados médicos falsos, em Goiás

Denúncia foi feita por empresários do Distrito Agroindustrial de Anápolis. Cerca de 15 pessoas foram indiciadas por usar o documento, diz delegado.

Um farmacêutico de 39 anos foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira (22) enquanto vendia um atestado médico falsificado em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. A polícia investigava o profissional há um mês e tudo indica que ele praticava o crime há mais de dois anos.

A denúncia foi feita por empresários que desconfiaram dos atestados entregues pelos funcionários. “Ele [o farmacêutico] conseguiu um modelo original, realizou a cópia e mandou confeccionar carimbos de médicos. Todos os médicos que constam nos atestados existem, mas não trabalham em Anápolis e nem na Secretaria de Saúde”, explica do delegado que investiga o caso, Manoel Vanderic.

De acordo com ele, todos os médicos já foram contactados, confirmaram a autenticidade do CRM, mas negaram ter atendido em Anápolis.

Pena

A maioria dos funcionários que encomendava o documento trabalhava em empresas do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia). “Todos que utilizaram esses atestados, pelo menos umas 15 pessoas, foram indiciados pelo crime de uso de documento falso, que tem a mesma pena da falsificação, que é seis anos de reclusão”, relata Vanderic.

A polícia informou também que o farmacêutico é a 15ª pessoa indiciada por falsificação de documentos só este ano em Anápolis.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 108 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal