Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

27/03/2012 - Diário de Natal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais de 2 mil caixas apreendidas

Por: Paulo de Sousa

Estelionatários compravam bebidas com cartões clonados.

Mais de duas mil caixas de bebidas alcoólicas, entre cerveja, aguardente e conhaque, foram apreendidas pela equipe da Delegacia Especializada de Capturas (Decap) na última sexta-feira. Segundo o delegado Júlio Costa, da Delegacia Especializada de Falsificações e Defraudações (DEFD), o material foi apreendido com uma quadrilha de estelionatários que utilizavam cartões falsos para comprar produtos à supermercados. Além das bebidas, foram apreendidos dezenas de cartões de crédito clonados, identidades falsificadas, duas TVs de LCD, além de dois revólveres calibre 38 e aproximadamente R$ 20 mil.

Júlio Costa explica que a prisão dos golpistas se deu por volta do meio-dia da última sexta-feira, quando o casal Maxwell de Sousa Soares e Daliane Pinto de Oliveira teriam comprado dois televisores de LCD em um supermercado de Lagoa Nova. Em seguida, cerca de 40 minutos após essa compra, os dois retornaram ao mesmo estabelecimento para tentar uma nova compra. Desconfiados, os administradores do supermercado acionaram a polícia, que abordou o casal ainda no estacionamento.

Segundo o delegado, o casal foi flagrado com três cartões de crédito falsos, além de várias identidades falsas. Os dois então apontaram o estudante universitário Marcolino Pereira Silva Neto como a pessoa responsável pela confecção das identidades e cartões falsos e que deveria ficar com 20% do arrecadado com os golpes aplicados. Um encontro foi marcado com esse suspeito, que também foi detido. Durante uma revista feira na residência de Maxwell e Daliane ainda foram apreendidos um notebook, vários cartões de crédito, diversos chips de celular, uma máquina para plastificar cédulas de identidade, vários plásticos utilizados na confecção de documentos, mais de R$ 3 mil em dinheiro, além de um revólver calibre 38 com dez cartuchos.

Em seguida, os acusados apontaram o comerciante João Maria Gondim de França como a pessoa pra quem eram vendidas as bebidas. As caixas de bebidas alcoólicas foram apreendidas em seu estabelecimento, que funciona no conjunto Santa Catarina, na Zona Norte de Natal. Além da bebida, foram apreendidos com ele caixas de cigarro, um revólver calibre 38 municiado com seis cartuchos e a quantia de R$ 14 mil em dinheiro.

Os acusados foram então encaminhados para a DEFD, onde o casal e o estudante foram autuados em flagrante por formação de quadrilha, estelionato, uso de identidade falsa e posse ilegal de armas. João Maria responde por formação de quadrilha, receptação e posse ilegal de armas. Todos permanecem detidos, aguardando decisão da justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 159 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal