Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

25/03/2012 - Plenário / FaxAju / O Globo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM sergipano é preso no estado de Alagoas

Givanildo Candeias dos Santos e o amigo foram detidos com documentos falsos na hora da compra, em Maceió.

O policial militar de Sergipe Givanildo Candeias dos Santos, de 33 anos, foi preso, na tarde deste sábado (24), acusado da prática de crime de estelionato e porte ilegal de arma de uso restrito. Ele fez compras no supermercado Gbarbosa, localizado no bairro do Tabuleiro do Martins, e o amigo dele, Diego Rego Fontan, de 24 anos, apresentou dois documentos com nomes diferentes.

A gerência do estabelecimento comercial acionou a Polícia Militar que, de imediato, fez a detenção dos suspeitos e os conduziu à Central de Polícia, no bairro do Prado.

De acordo com o delegado Nivaldo Aleixo, o acusado já estava no estacionamento da loja, no Fiat Pálio, de cor prata e placa MVD 9575/AL, com aparelho de TV LED, de som automotivo e notbook.

A desconfiança partiu da operadora do caixa, já que praticamente os mesmos objetos haviam sido comprados no dia anterior, no supermercado da mesma bandeira localizado no Stella Maris. Diego, segundo o delegado, apresentou dois cartões de crédito com nomes diferentes, assim como CNHs correspondentes. Os documentos estavam em nome de Romílton José Rodrigues e Odair Alves Messias.

Diante das informações contraditórias, a gerência da rede de supermercados acionou à Polícia Militar. PM’s estiveram no supermercado e detiveram o acusado. Um amigo deles, já identificado como Moisés, conseguiu fugir do cerco policial na picape Strada, de placa não anotada. Ele, segundo o delegado, é vizinho dos dois presos.

Os dois homens foram levados para a Central de Polícia, no bairro do Prado, onde foram autuados em flagrante delito. Com o PM a polícia também encontrou uma pistola ponto 40, de uso restrito das Forças Armadas. Segundo o delegado Nivaldo Aleixo, o militar e o amigo deverão ser indiciados pelos crimes de estelionato e porte ilegal de armas, além de falsificação de documentos públicos.

Diego será levado para o 5º Distrito e o militar irá para o Baldomero Cavalcanti, na ala especial destinada aos policiais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 161 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal