Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/03/2012 - IDG Now! Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Adyen, empresa de pagamentos online, lança ferramenta de análise de risco

Recurso integrado à plataforma verifica a velocidade das transações, histórico do computador do usuário e realiza as operações via API.

A empresa de soluções em pagamentos online Adyen lançou na última semana uma ferramenta de análise de risco, que permite que os varejistas virtuais identifiquem transações potencialmente fraudulentas.

A Adyen diz que a nova ferramenta de análise de risco “fornece aos nossos clientes uma perspectiva muito mais detalhada sobre os padrões atuais de análise de fraude e faz recomendações sobre como mudar as configurações da ferramenta. Dependendo do modelo de negócios vigente, talvez o varejista prefira aceitar mais fraudes quando isso significar um rendimento maior”.

Para evitar as fraudes, a conexão do usuário com o servidor acontece via API (Interface de Programação de Aplicação). A ferramenta integrada na plataforma de pagamentos também analisa a velocidade da transações, para garantir que não é um bot realizando as operações; e verifica se o computador do usuário não está em nenhuma lista negra devido ao seu histórico, de acordo com Jean Mies, presidente do Adyen no Brasil.

A empresa afirma que seu diferencial no mercado em relação às ferramentas tradicionais de prevenção de fraudes é o fato de elas buscarem uma prevenção "a qualquer custo". De acordo com a Adyen, o recurso ‘what if’ visa atingir um equilíbrio entre as checagens rigorosas e rejeições não intencionais (falsos positivos) em pagamentos online. “Você não quer recusar seus clientes regulares e de boa fé”, diz Roelant Prins, da Adyen.

O recurso já está disponível para varejistas brasileiros que usam o serviço de processamento de pagamentos em seus sites de e-commerce.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 166 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal