Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/09/2007 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

HDs usados facilitam roubo de identidade


Um estudo internacional revelou que a venda de discos rígidos usados representa sério risco para a segurança de seus usuários. Realizado na Austrália, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos, o estudo dos pesquisadores da British Telecom em conjunto com a Universidade de Glamorgan, em Gales; Universidade em Perth, Austrália; e Universidade Longwood, Virginia, Estados Unidos; concluiu que 37% dos 350 discos rígidos usados comprados online, em feiras ou lojas, ainda continham dados confidenciais.

Segundo o site NewScientist, destes equipamentos foi possível extrair informações bancárias e de cartões de crédito, detalhes salariais, registros médicos, históricos de compras online e até mesmo dados financeiros empresariais. Todas estas informações seriam extremamente úteis para fraudadores interessados em roubar identidades.

Para Andrew Blyth, da Universidade de Glamorgan, o problema aumenta quando funcionários trabalham com dados corporativos em casa. "É possível que existam milhões de discos rígidos à venda publicamente neste momento e que ainda possuam material altamente confidencial", alertou.

Comparada a 2006, a porcentagem de drives de segunda mão vendidos com dados confidenciais aumentou em 3%, o que mostra que os esforços de educação e as campanhas para que os discos rígidos sejam completamente limpos antes de vendidos não estão funcionando como deveriam.

Cada disco rígido sendo vendido, não pode ser apenas formatado. Deve passar por um processo de sobrescrita e exclusão de dados por diversas vezes, o que impede a fácil recuperação dos bytes ali contidos anteriormente.

Segundo uma porta-voz do ICO, departamento específico do governo inglês para proteção de dados, o tratamento indevido das informações pode levar ao roubo delas, que deveria ser notificado pelas empresas, sob pena de uma multa pesada. Sem idéia de que este roubo tenha acontecido, a notificação ficaria impossível.

O site inglês BCS lembrou que há poucos dias um disco rígido de segunda mão de propriedade do serviço de saúde pública da Grã-Bretanha foi disponibilizado para venda no leilão online eBay com dados de seus pacientes ainda acessíveis.

Com a quantidade de dispositivos externos de armazenamento, como drives USB, iPods e celulares, o problema deve aumentar em 2008, quando a BT pretende realizar uma nova etapa do estudo, incluindo estes aparelhos em suas análises.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 320 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal