Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/03/2012 - Portal UAI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Academia cobra mensalidades e amanhece de portas fechadas

Por: Francelle Marzano


Alunos da academia de ginastica Jump, na Avenida Edméia Matos Lazarotti, Bairro Ingá, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram surpreendidos na manhã de ontem ao chegar para fazer os exercícios e encontrar o local fechado. De acordo com eles, os donos do estabelecimento fecharam a academia, carregaram toda a aparelhagem e fugiram depois de receber as inscrições e mensalidades de mais de 200 alunos.

A Polícia Militar foi chamada e, de acordo militares que atenderam a ocorrência, o fato pode ser considerado crime de estelionato e a investigação ficará a cargo da Polícia Civil (PC) de Betim.

Segundo informações da 174ª Cia de Polícia Militar, o dono do prédio onde funcionava a academia relatou que na noite de quarta-feira ele foi procurado pelas locatárias que avisaram que iam entregar a sala até o dia 20 deste mês. Mesmo com intenção de fechar o estabelecimento, Marcela Cristina de Jesus, dona da academia segundo contrato social, recebeu inscrições de alunos que começariam a frequentar o local esta semana e a mensalidade dos que já faziam aulas.

Para a auxiliar de cozinha Adriana Carvalho, de 27 anos, o golpe foi ainda maior. Ela esteve na academia na quarta-feira à noite e fez a inscrição. “Eu ia começar amanhã (hoje). Estive aqui quarta-feira e a Marcela me disse que faria um desconto se eu pagasse dois meses adiantado. Eu achei a proposta interessante e paguei R$80. Me enganaram”, disse revoltada, enquanto segurava o recibo do pagamento.

Um outro aluno que também caiu no golpe, o militar Adriano Rodrigues de Araújo, frequentava a academia há dois anos. Ele disse que já desconfiava que algo, já que os donos estavam desleixados com a academia e chegaram a revelar que queriam viajar para o exterior. “Ela chegou a me perguntar se eu não me interessava em comprar tudo por R$ 40 mil e disse que queria viajar para o exterior. Se eles sabiam que iam viajar, por que receberam dos alunos? Eles agiram de má fé e isso é crime”, completou.

Ainda de acordo com Adriano, recentemente, os proprietários obrigaram a todos os alunos a fazerem a reavaliação médica, cobrando R$ 30 e, ainda, renovar a carteirinha de R$5. Eles distribuíram também panfletos promocionais que davam desconto na hora de fazer a inscrição. A reportagem tentou por várias vezes entrar em contato com Marcela por telefone, mas ela não atendeu o celular. Nenhum outro proprietário citado pelos alunos foi encontrado para comentar o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 349 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal