Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/03/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP-ES abre inquérito para investigar desvio de dízimo na Igreja Maranata

Promotores investigam toda a cúpula da igreja, inclusive o presidente. Suspeita é de que R$ 21 milhões de reais podem ter sido desviados.

O Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) abriu um inquérito para investigar desvio de dízimo na Igreja Maranata. Segundo informações publicadas no jornal A Gazeta, os promotores investigam toda a cúpula da igreja, inclusive o presidente, que negou saber de qualquer ação para desviar dízimo, o dinheiro doado pelos fiéis.

A suspeita é de que R$ 21 milhões de reais podem ter sido desviados. Para justificar a saída do dinheiro, notas fiscais frias teriam sido usadas. Mais de R$ 900 mil reais foram gastos em uma papelaria, mas os produtos no local custam muito menos.

A própria Maranata investigou e chegou a mover uma ação contra o vice-presidente e o contador. Eles foram afastados dos cargos. Mas, para o Ministério Público, toda a direção da igreja pode estar envolvida no desvio do dinheiro dos fiéis. Ainda segundo informações publicadas em A Gazeta, as investigações do MP-ES apontam para a prática de vários crimes: estelionato, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

A Maranata informou neste sábado (10), por nota, que vai aguardar a apuração dos fatos. A igreja também disse que foi ela quem começou as investigações e pediu ao Ministério Público que apurasse o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 89 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal