Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

13/03/2012 - pernambuco.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Luiz Estevão é denunciado por usar time de futebol para lavar dinheiro


O empresário e ex-senador Luiz Estevão foi denunciado pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal (DF) por usar o time de futebol Brasiliense para lavar dinheiro entre 2001 e 2005. De acordo com a denúncia, Estevão usou contas bancárias do clube, criado por ele em 2000, para ocultar e dissimular a movimentação de dinheiro proveniente de atividades criminosas.

A denúncia resultou de investigações feitas pela polícia desde 2005, quando o empresário, que estava com bens bloqueados, movimentou grandes quantias de dinheiro no Brasiliense. A Justiça havia bloqueado os bens do político e de sua empresa, o Grupo OK, como resultado do processo que apurou o desvio de cerca de R$ 170 milhões da construção da sede do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, em São Paulo.

A partir da quebra do sigilo bancário e fiscal, a polícia constatou que a maior parte dos valores referiam-se a créditos ou débitos relacionados a empresas do Grupo OK, inclusive com semelhança e proximidade entre de datas e quantias das movimentações financeiras.

O MPF pediu à Justiça a condenação de Luiz Estevão 16 vezes pelo crime de lavagem de dinheiro. A pena para o crime, se cometido uma única vez, varia de três a dez anos de prisão, além de multa. O caso será julgado pela 10ª Vara Federal do DF.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 129 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal