Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

09/03/2012 - R7 / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsos padres roubam hospital enquanto fiéis rezavam

Paciente abriu o olho durante a suposta cerimônia e percebeu que seu celular havia sumido.

Dois zimbabuanos entraram no Hospital Parirenyatwa de Harare fingindo ser padres para roubar alguns objetos enquanto os fiéis, pacientes internados no centro de saúde, rezavam de olhos fechados, segundo publicou o jornal "The Herald" nesta sexta-feira (9).

Os dois ladrões teriam entrado na segunda-feira (5) na ala masculina do hospital e, após se apresentarem como padres, disseram que queriam fazer uma oração para que os pacientes fossem curados. Segundo "The Herald", os dois homens juntaram as mãos do paciente Albert Tandira e pediram a ele e aos demais que fechassem os olhos durante a oração.

No entanto, os falsos padres, Tineyi Gwamazura e Simbarashe Ngwarati, foram detidos a tempo, já que quando Tandira abriu os olhos e descobriu que seu telefone celular havia desaparecido, alertou as enfermeiras.

Gwamazura declarou na quinta-feira em um tribunal de Harare que seu plano consistia em "visitar todos os andares e pacientes do hospital" fingindo que rezava por eles, "mas na verdade roubando".

Gwamazura e Ngwarati foram condenados a seis meses de prisão, apesar de o promotor do Estado ter pedido uma condenação mais severa, já que, além de roubar, "denegriram o nome de Deus".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 300 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal