Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/03/2012 - Veja Online / Reuters Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Société Générale pode levar multa por controle interno falho

Por: Christian Plumb e Jean-Michel Belot

Regulador do sistema financeiro encontra problemas nos controles contra lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo no 2º maior banco francês.

O regulador do sistema financeiro francês, ACP, pode multar o Société Générale poder ter encontrado falhas nos controles internos do banco contra lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. A ACP abriu "procedimento disciplinatório" no fim de setembro, após investigação focada na área de private bank do banco francês.

Segundo nota do Société, a investigação foi parte de um processo maior que está gradualmente incluindo todas as companhias francesas. Uma porta-voz do banco não quis comentar imediatamente sobre o assunto.

A notícia é divulgada apenas dois meses após o banco anunciar que dispensaria 1.580 funcionários em todo o mundo neste ano, sendo 880 na França e 700 nas américas e na Ásia.

Sequência de crises - O Société Générale se envolveu em uma série de polêmicas em agosto e setembro do ano passado. No início de agosto, o banco alertou o mercado que não alcançaria o lucro previsto para 2012 e viu suas ações caírem 7,6%. Dias depois, a autoridade francesa de mercados financeiros, AMF, passou a investigar o banco após as ações do Société despencarem mais de 22% em meio a boatos alarmistas sobre sua situação financeira.

Em setembro, o banco francês anunciou corte de custos após perder quase metade de seu valor de mercado apenas em agosto, em uma tentativa de liberar o equivalente a 4 bilhões de euros em capital até 2013. Dois dias depois, a agência de risco Moody's rebaixou as notas do Société Générale e do Crédit Agricole, além de deixar sob revisão a nota do BNP Paribas, devido à exposição dos três maiores bancos da França à crise grega.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 207 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal