Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/03/2012 - Bagarai Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suposta foto de Justin Bieber é usada em fraudes no Facebook

Justin Bieber, Selena Gómez, Nicki Minaj e Eminem, são as últimas celebridades usadas como chamariz em fraudes no Facebook. Falsos vídeos de celebridades e notícias escandalosas são, hoje em dia, os chamarizes mais usados para enganar os usuários nas redes sociais.

A Bitdefender localizou uma nova onda de fraudes no Facebook que usa como chamariz falsos vídeos de celebridades e notícias escandalosas. Entre os últimos afetados por essas falsas informações usadas para roubar dados privados aos usuários, se encontram Justin Bieber, Selena Gómez, o rapper Eminem e a cantora Nicki Minaj.

Justin Bieber aparece em dois tipos de fraudes: por um lado, um suposto vídeo seu com Selena Gómez; por outro, um vídeo no qual aparece admitindo intimidades. No caso de Nicki Minaj, a notícia que serve de chamariz é um falso vídeo caseiro, enquanto que no caso de Eminem se trata de uma notícia segundo a qual o rapper teria sido vítima de uma terrível agressão.

A Bitdefender localizou, ainda, outras fraudes nas quais os chamarizes eram vídeos caseiros protagonizados por pessoas anônimas ou por estrelas do cinema convidadas dos Óscares – e cujo nome não se revelava – ou notícias escandalosas.

Em todos os casos, o método de fraude usado pelos ciber-delinqüentes é o seguinte: lançam páginas no Facebook onde se promete mostrar vídeos de alguma celebridade – como é o caso de Nicki Minaj ou Bieber – ou notícias escandalosas relacionadas com as mesmas – como é o caso de Eminem. Depois de os usuários clicarem “Curtir” nessas páginas, já estão ajudando a distribuí-las. Mas, para além do mais, quando tentam ver o vídeo se lhes pede que instalem uma atualização do Youtube que, na realidade, é um código malicioso que se dedicará a publicar no mural do Facebook do usuário e no dos seus contactos links para a página fraudulenta ou similares.

O intuito desses últimos ataques é ter acesso à informação privada que os usuários armazenam nos seus perfis do Facebook como moradia, número de telefone, e-mail, etc.

“De vez em quando, alguma ameaça usa um método revolucionário para afetar os usuários, mas a maioria usam sempre o mesmo truque: notícias escandalosas ou falsos vídeos”, explica Catalin Cosoi, Chief Security Researcher da Bitdefender, que adiciona: “o pior é que milhares de usuários caíram nessas fraudes, algumas cujas páginas contavam com quase 5 mil seguidores. Seguramente, os ciber-delinqüentes acabarão por usar os seus dados para realizar outras fraudes mais sofisticadas e personalizadas no futuro, sejam contra eles seja contra seus contatos.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 234 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal