Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/03/2012 - R7 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude em merenda escolar: PF encerra varredura em escolas de São João de Meriti

Por: Carlyle Jr.

Agentes cumpriram 58 mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF.

A Polícia Federal encerrou no fim da tarde desta quarta-feira (7) as buscas por documentos que comprovem possíveis irregularidades na compra de merenda escolar das escolas e creches municipais de São João Joãõ de Meriti, na Baixada Fluminense. A operação Caríbds investiga fraudes em licitações dos contratos do PNAE/PNAC (Programa Nacional de Alimentação Escolar para o Ensino Fundamental e Creche).

Os agentes cumpriram 58 mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal). O material apreendido será encaminhado para a sede do STF, em Brasília. O delegado Marcelo Prudente, que coordena a operação Caríbds, disse que a investigação apura crimes de fraudes a licitação e de responsabilidade do prefeito.

Segundo ele, as escolas investigadas pelo Ministério Público não entregaram documentos que comprovassem o destino da verba federal liberada para a merenda escolar.

- Existiu uma provocação do Ministério Público em relação ao recebimento de merenda em algumas escolas de São João de Meriti. As unidades foram chamadas para mostrar alguns documentos, o que não aconteceu. Ainda não sabemos se as fraudes ocorreram na atual gestão.

Prefeitura se defende

A Prefeitura de São João de Meriti informou que a documentação pedida pelo STF foi enviada no dia 30 de setembro do ano passado. De acordo com o município, foram 32 caixas só com documentos.

Ainda segundo a prefeitura, no dia 18 de outubro de 2011, os documentos ainda não tinham chegado às mãos do relator, o ministro Joaquim Barbosa. Por isso, foram expedidos o mandados de busca e apreensão que são cumpridos nesta quarta-feira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 137 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal