Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

04/03/2012 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM desarticula quadrilha que ia aplicar golpe na praça


Policiais militares prenderam quatro pessoas – incluindo um adolescente – pelo crime de receptação, no bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande, neste domingo (4).

Com elas, os PMs apreenderam 10 celulares, dezenas de baterias e carregadores, além de cartões memórias e peças íntimas, que foram furtados de uma casa, no bairro Jardim da Oliveiras, na região do Parque do Lago, na Cidade Industrial. Os produtos estavam em casas diferentes, todas vizinhas.

Segundo os policiais, a vítima tinha deixado 30 celulares e também mais de 200 peças de langerie e outros produtos, que seriam para estocar um loja, que seria inaugurada nos próximos dias.

O furto na casa ocorreu na última quarta-feira e, com a ajuda de vizinhos, a vítima identificou os autores e os policiais, na madrugada deste domingo, conseguiram recuperar parte dos produtos roubados.

“Falta muita coisa ainda. Sem estoque, não tem como abrir a loja”, lamentou o comerciante, que esteve na Central de Flagrantes.

O que chamou a atenção dos policiais, no entanto, foi uma mala com mais de 50 talões de cheques e também mais de 240 cheques avulsos do Banco Bradesco, todos assinados.

Os policiais acreditam os cheques seriam utilizados para aplicar golpes nas praças, na Grande Cuiabá.

“Os cheques serão enviados para a Delegacia da área, no caso, Parque do Lago, para investigar se foram furtados, roubados ou mesmo se estão em nomes de pessoas que utilizaram documentos falsos para abrir conta bancária”, explicou um policial plantonista.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 174 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal