Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/09/2007 - Jornal do Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Benefícios suspeitos são investigados no Paraná

Por: Ana Ehlert


O trabalho de verificação e análise dos benefícios supeitos de fraude pagos no Paraná já foi iniciado, conforme fontes internas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). A ação faz parte do Plano de Revisão de Benefícios com Indícios de Irregularidade e, por medida de segurança, o local de trabalho e o número de benefícios sob suspeita não podem ser divulgados. Na assessoria de Imprensa do INSS no Paraná, as informações são de que ainda não há nada sobre o assunto, tampouco a data exata para o início dos trabalhos.

Segundo um balanço preliminar dos auditores do INSS, cerca de 130 mil benefícios estariam passíveis de revisão, em todo o País. Ao todo, 12 grupos de trabalho foram montados, com a participação de 344 servidores. O prazo final é 14 de dezembro, conforme dados divulgados pelo site da Agência de Informações do INSS, a AgePrev.

Inicialmente programado para ser implantado em 16 de abril, no Paraná, o grupo teria enfrentado problemas operacionais, uma vez que a sede da instituição passou por reformas na época. As obras de modernização que incluíram novos equipamentos e central telefônica, chegou a afetar até mesmo o departamento de comunicação que, por várias vezes, chegou a ficar sem telefone.

A operacionalização do Plano começou em abril pela região Sudeste, onde centralizam-se o maior número de benefícios sob suspeita. Os trabalhos foram iniciados nos pólos Belo Horizonte (que atende os estados de Minas Gerais e Espírito santo) e Rio de Janeiro (Estado do Rio de Janeiro).
A vistoria dos benefícios começou no pólo São Paulo (Estado de São Paulo)e, por ordem, prosseguiu por Fortaleza (Ceará), Recife (Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba e Sergipe) e Salvador (Bahia).

Os benefícios são selecionados a partir de indícios registrados pela Auditoria do INSS, Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Risco, Ouvidoria, Gerências Executivas e Agências da Previdência Social.

As irregularidades mais comuns são inserção de vínculos falsos nos bancos de dados da Previdência, apresentação de documentos falsificados (certidões de óbito e de nascimento) e apresentação de documentos falsos para a conversão de tempo especial em comum, o que implica em majoração de 40% no tempo de contribuição.
Pagamento — A Previdência Social pagou em setembro 25.071.254 de benefícios — 1.442.220 no Paraná. Destes, 21.998.558 são previdenciários — 1.313.902 no Paraná — e 3.072.696 são assistenciais — 128.318 no Paraná, pagos a idosos com mais de 65 anos e deficientes físicos com renda domiciliar de 1/4 do salário mínimo, mesmo sem que tenha ocorrido contribuição previdenciária.

Do total de benefícios ativos, em torno de 17 milhões são equivalentes a um salário mínimo. Esse número corresponde a 972.237 benefícios pagos a segurados paranaenses, sendo que os benefícios assistenciais são de um salário mínimo. A folha de pagamento do INSS de setembro somou R$ 744.454.298,62 no Paraná.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 306 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal