Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

03/03/2012 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário Moraisinho está em liberdade

Por: Ranne Almeida

Há cerca de 90 dias, o empresário Raimundo Morais Filho, que é acusado de ser peça central em esquema de corrupção que tomou conta do Interior cearense deixou a delegacia onde estava preso em Fortaleza.

Uma das peças mais importantes do quebra-cabeça que forma o maior escândalo de fraudes em licitações nas prefeituras do Interior cearense, o empresário Raimundo Morais Filho, mais conhecido como Moraisinho, está em liberdade.

O advogado de defesa do empresário, Paulo Quezado, confirmou, na noite de ontem, ao O POVO que há mais de 90 dias Moraisinho deixou a delegacia onde estava preso, em Fortaleza.

A Polícia e o Ministério Público mantiveram o local sob sigilo, por questões de segurança, já que o empresário vinha sofrendo ameaças. Ainda pelo mesmo motivo, a saída de Moraisinho da prisão também não foi divulgada.

Investigações

Em conversa exclusiva com O POVO no dia 2 de julho do ano passado, na delegacia em que ele estava recluso, o empresário afirmou ter medo de morrer e disse que vinha tomando remédio controlado para tentar diminuir a tensão.


Ele admitiu sua parcela de participação em alguns casos, mas alegou que não agia sozinho e que não era o culpado em todas as denúncias feitas contra ele.

“Se todo problema em licitações de prefeituras no Ceará for atribuído a mim, vai ser um absurdo. Todo dia é um mandado de prisão preventiva em cima de mim, como se tivesse feito tudo. Assim como eu, existem mil ‘Moraisinhos’ no Ceará”, desabafou, há época.

Quanto aos prefeitos que estavam sendo investigados por possível participação no esquema e que tentaram se esquivar do escândalo, o empresário apontou que nenhum deles era “burro” e que eles agiam sabendo de todo o processo.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

O delegado geral da Polícia Civil do Ceará, Luiz Carlos Dantas, garantiu que o empresário Raimundo Morais Filho seria beneficiado com esquema especial de segurança em relação a sua vida e integridade física.

Saiba mais

No ano passado, quando o esquema de Moraisinho e seu grupo foi desmantelado,o Ministério Público afirmou que o empresário era acusado dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro, fraude em licitações, falsidade ideológica, falsidade de documento público, formação de quadrilha e fornecimento de dados falsos em banco de dados da administração pública.

As investigações do Ministério Público sobre o caso foram responsáveis pela prisão dos prefeitos de Senador Pompeu, Antônio Teixeira (PT), que passou quase oito meses preso, e de Nova Russas, Marcos Alberto Martins Torres (PSC), além de dezenas de outros gestores (secretários e assessores municipais) e empresários.

No município de Pacatuba, também foram constatadas irregularidades e realizados mandatos de busca e apreensão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 192 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal