Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/03/2012 - MS Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Furto de energia gera prejuízo de R$ 7 bilhões ao País


Esse é o valor negativo que o Brasil contabiliza anualmente por conta das ligações clandestinas e fraudes nos medidores de energia elétrica. O prejuízo equivale a 13% do montante que deveria ser faturado e recebido dentro do setor elétrico nacional.
Mato Grosso do Sul também faz parte deste cenário, onde o furto equivale ao consumo anual da cidade de Dourados e acarreta um prejuízo de 112 milhões de reais. Mas o Estado começa a mudar esta realidade. Um exemplo disso foi a resposta prontamente dada à campanha de prevenção ao furto e desperdício de energia elétrica, realizada pela Enersul em 2011. O furto onera as tarifas, compromete a segurança e reduz os investimentos em serviços essenciais para a própria comunidade, ou seja, uma conta que todo mundo paga. E quem não paga pela energia que utiliza, não tem motivos para economizar: além de energia, desvia impostos que podem gerar benefícios para a nossa sociedade, em áreas importantes como segurança, saúde, educação e bem estar social.

Com um efetivo exercício de cidadania, a população registrou, nos canais de atendimento da Enersul, cerca de 10 mil denúncias de fraude, envolvendo desde residências até estabelecimentos comerciais, muitos localizados em áreas nobres do Estado. Isso reflete a reprovação da maioria das pessoas a esse tipo de crime e demonstra a preocupação de todos em consolidar no Mato Grosso do Sul uma sociedade consciente de seus direitos e obrigações.

CONSCIÊNCIA e DENÚNCIAS

A Enersul, somente em 2011, identificou quase 35 mil unidades consumidoras com irregularidades nas ligações, em um programa de inspeções onde investiu mais de 20 milhões de reais. Este trabalho é desempenhado continuamente, por obrigação dos deveres de sua concessão e também em atenção à grande maioria de seus 840 mil clientes.

Na operação "Curto-Circuito", deflagrada pela Polícia Civil no início deste mês, nas cidades de Campo Grande, Sidrolândia, Ribas do Rio Pardo e Terenos, 22 endereços foram confirmados e várias pessoas foram presas, após seis meses de investigações pela polícia, que solicitou apoio da empresa na verificação de locais onde foram praticadas fraudes que alteravam o registro, nos medidores, da energia consumida.

A Polícia dará continuidade às investigações, assim como levará em consideração novas denúncias em todo o Estado. O interesse da Enersul é o de normalizar rapidamente as instalações que foram adulteradas, para que todos os seus clientes utilizem a energia de modo racional, seguro e eficiente. Para isso, oferece orientação sobre o uso eficiente de energia em seu site, www.enersul.com.br, e nas suas agencias de atendimento pessoal.

A empresa também disponibiliza seu tele-atendimento durante 24 horas por dia, todos os dias, pelo numero 0800 722-7272, para fornecimento de orientações, solicitação de serviços ou denuncias de casos de furto de energia. A ligação é gratuita, também para telefone celular.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 151 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal