Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

28/09/2007 - Gazeta de Limeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

“Golpe do cartório” deixa empresários em alerta


Mais uma modalidade de golpe está deixando os empresários de Limeira em alerta. Em dupla, estelionatários se passam por funcionários de cartório e exigem entrar nas empresas para entrega de supostas intimações. Alguns se passam até por deficientes visuais.

Segundo Sérgio Candiotto, tabelião do 2º Cartório de Notas e Protestos, três empresários entraram em contato com o órgão, relatando o mesmo problema. Eles não sofreram conseqüências piores porque suspeitaram da ação, mas afirmaram que os episódios servem de alerta, inclusive para os funcionários das empresas que se sentem inibidos com a ação.
A dupla chega de motos nas empresas e avisam os porteiros que precisam falar urgentemente com o proprietário porque precisam entregar uma intimação. “Eles inibem os funcionários dizendo que o documento não pode ser entregue para terceiros e precisam conversar pessoalmente com o dono da empresa”. Em um dos casos que chegaram ao conhecimento do cartório, a dupla chegou a entrar na empresa e um dos estelionatários fingiu ser um deficiente visual. “Quando já estavam dentro do estabelecimento, o golpista aproveitou para pedir dinheiro e não entregou nenhum tipo de documento”.
Candiotto ressaltou que os casos servem de alerta porque, dentro das empresas, a dupla pode perfeitamente analisá-las para cometer assaltos, além de outros tipos de crime.
O tabelião explicou ainda que os funcionários dos cartórios realmente fazem a entrega das intimações, mas em momento algum exigem a entrada na empresa. Além disso, o próprio vigia ou qualquer outro funcionário pode assinar o documento que atesta que a entrega foi devidamente efetuada. Os funcionários dos cartórios realizam este trabalho devidamente identificados.
No entanto, como a ousadia dos golpistas é cada vez maior, podendo inclusive fazer uso de carimbos ou documentos falsificados, a recomendação é ter precaução e, em caso de desconfiança, esclarecer eventuais dúvidas com os próprios cartórios. (ESS)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 575 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal