Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

25/02/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpistas criam armadilha em caixas eletrônicos de Ribeirão Preto, SP

Cartões de clientes ficavam travados dentro de máquina. Vítimas eram enganadas ao usarem telefones de agência.

Um novo golpe foi descoberto em pelo menos 12 agências bancárias em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Em alguns caixas eletrônicos, pedaços de barbante ou fio dental foram colocados nas bocas dos caixas, o que fazia com que os cartões ou envelopes com dinheiro que seria depositado ficassem travados.

Diante da situação, os clientes usavam os telefones das agências para resolver o problema com o banco, mas, em vez de falarem com funcionários, as vítimas passavam seus dados bancários para os golpistas, que tinham escondido um celular dentro dos aparelhos.

A aposentada Argina Tereza Lelis, de 88 anos, foi vítima em uma agência do Santander, na Avenida Presidente Vargas. O cartão dela ficou travado no caixa. Uma mulher que estava no local e era cúmplice do golpe, disse para a idósa falar com o banco pelo telefone da agência. “Ela me disse que o banco resolveria o problema na ligação, que era confiável, então eu passei todos os meus dados, senhas, letras, tudo”, relata.

Enquanto a aposentada falava ao telefone, outros clientes avisaram-na que podia se tratar de um golpe e que ela devia fazer a ligação em casa. “A mulher que disse para eu telefonar da agência ficou muito nervosa e foi embora, sumiu”, conta Argina.

O mesmo golpe foi registrado em agências do Banco Itaú na Rua Martinico Prado, no bairro Vila Tibério, e na Avenida Nove de Julho, no Centro. Nos dois casos, as vítimas tiveram seus envelopes travados quando tentavam fazer um depósito, mas não chegarem a falar com os bandidos pelos telefones.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 215 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal