Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

24/02/2012 - Brazilian Voice Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal brasileiro é acusado de fraudar a Previdência Social em Massachusetts

Por: Leonardo Ferreira

Paulo Montenegro, de 45 anos, e Rosana Pereira, de 48 anos, residentes em Weston (MA), serão julgados em 23 de agosto.

Na quinta-feira (23), o casal Paulo Montenegro, de 45 anos, e Rosana Pereira, de 48 anos, alegou inocência durante a audiência realizada na Corte Superior de Middlesex com relação às acusações de fraude da Previdência Social. Os réus, residentes em Weston (MA), são acusados de faturarem mais de 250 mil em empréstimos bancários para a compra de imóveis e auxílio moradia (Section 8), segundo do diário MetroWest Daily News.

O promotor público federal, Brendan O’Shea, não exigiu fiança para Paulo e Rosana, pois o casal compareceu à Corte por conta própria. Entretanto, o Juiz Matthew Day exigiu que ambos entregassem seus passaportes ao Departamento de Liberdade Condicional.

Além disso, Montenegro poderá realizar viagens para fora do estado até uma concessionária de automóveis usados em New Hampshire. O juiz também determinou que réu abrisse mão do seu direito de ser trasladado, ou seja, caso ele seja preso em NH, não poderá evitar, através da justiça, ser retornado pelas autoridades a Massachusetts.

As autoridades alegam que Paulo e Rosana forneceram informações falsas ao Departamento de Habitação de Cambridge e o Departamento de Desenvolvimento Urbano para qualificar para empréstimos e auxílio moradia.

Pereira sonegou renda, não citou a posse de imóveis e informou não ser casada, quando na realidade era casada e residia com Paulo em Weston, segundo a promotoria pública. Como resultado, o casal conseguiu alugar um apartamento de 3 quartos em Cambridge a preço reduzido, subsidiado pelo governo.

Segundo a promotoria pública, o casal alegou que Pereira ganhava pelo menos US$ 12 mil mensais para obter milhares de dólares em empréstimos para a compra de imóveis em Somerville e Medford. Além disso, as autoridades afirmam que, em duas transações, ela não informou ser casada com Paulo, o dono das propriedades. Os órgãos públicos emprestaram 100% do valor da compra e, sem o conhecimento das entidades, ambos lucraram financeiramente com as transações.

A promotoria pública alega que Montenegro e Pereira faturaram mais de US$ 250 mil como resultado das transações. Entretanto, ela pagou poucas parcelas do financiamento de uma das propriedades e nenhuma da outra, fazendo com que ela fosse confiscada pelo banco.

Após a audiência, o casal e seu advogado evitaram fazer comentários. O advogado simplesmente frisou que ambos os lados do caso devem ser analisados. “Não existe moeda fina demais que não possua dois lados”, disse ele.

Paulo e Rosana deverão retornar ao Tribunal em 28 de março. O julgamento está marcado para 23 de agosto.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal