Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

21/02/2012 - Band Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

TV de Netinho será investigada por fraude

O canal TV da gente pode estar envolvido em esquema do ex-prefeito de Pacajus (CE), de fraudes em licitações e contratos superfaturados.

O Ministério Público do Ceará abriu um inquérito para investigar a TV da Gente, criada pelo vereador paulistano Netinho de Paula (PC do B). A suspeita é de que a TV tenha sido usada em um esquema de desvio de recursos da Prefeitura de Pacajus, há 50 km de Fortaleza. As informações são da Folha de SP.

Segundo o promotor Ythalo Frota Loureiro, “ela foi registrada em Eusébio, mas a programação é sobre o município de Pacajus”.

Em 2007, a TV da Gente chegou a cidade de Pacajus, em Fortaleza, onde era administrada por auxiliares do ex-prefeito Pedro José Philomeno (PSDB). Ele foi preso em dezembro, acusado de desviar R$ 9 milhões dos cofres da cidade por fraudes em licitações e contratos superfaturados.

Outro Lado

Netinho de Paula não se manifestou. Seu gabinete foi procurado na sexta-feira mas disse que o vereador estava gravando um programa para um canal de televisão. O advogado Hélio Leitão Neto disse que o ex-prefeito foi solto e até agora não foi notificado da investigação sobre a TV. Segundo o advogado, os contratos não fazem parte da operação que levou seu cliente à prisão em dezembro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 216 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal