Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

17/02/2012 - Veja Online / AFP Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Justiça italiana apreende US$ 6 tri em bônus falsos na Suíça

Por: Karen Bleier


A justiça italiana apreendeu US$ 6 trilhões em bônus americanos falsos na Suíça, após uma investigação criminal contra uma rede criminosa, informou a promotoria de Potenza (sul da Itália).

Oito pessoas envolvidas no caso foram detidas na Itália, disse a fonte. Os títulos estavam escondidos em três caixas fortes transferidas de Hong Kong a Zurique em 2007. Segundo os investigadores, a rede tentaria colocar estes bônus em países emergentes ou em estabelecimentos bancários em troca de dinheiro.

A operação realizada por promotores de Potenza é "a maior (já realizada) neste tipo de investigação", afirmou o procurador do tribunal da cidade, Giovanni Colangelo, à imprensa.

"Tudo surgiu de uma investigação sobre clãs mafiosos" na região de Basilicate (sul), disse o procurador.

A investigação permitiu descobrir "uma rede internacional em torno desses títulos, com várias pessoas envolvidas em diversos países", que tentaram colocar os falsos bônus no mercado até o mês de janeiro, explicou Colangelo.

"As operações de falsificação de títulos, o deslocamentos das caixas fortes de Hong Kong a Suíça, as viagens por todo o mundo (dos membros desta rede) têm um enorme custo e por isso pensamos que os interesses (por trás do caso) são de alto nível", afirmou.

Os magistrados de Potenza agradeceram "a colaboração" neste caso das autoridades suíças, que permitiram que a polícia italiana realizasse a apreensão.

Especialistas do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) e da embaixada dos Estados Unidos em Roma examinaram os títulos e confirmaram que eram falsos, apesar de as falsificações serem de excelente qualidade, segundo os juízes.

As caixas fortes que continham os bônus, com data de emissão que data de 1934, incluíam também uma falsificação do Tratado de Versalhes que teria podido justificar esta imensa quantidade de dinheiro como parte dos intercâmbios financeiros entre as potências que ganharam a primeira guerra mundial.

Esta apreensão de bônus americanos, ainda que seja a maior já efetuada, não é a primeira na Itália.

Em setembro de 2009, as autoridades italianas confiscaram falsos bônus do Tesouro americano por um valor de 116 bilhões de dólares, encontrados em uma maleta do aeroporto de Milão-Malpensa (norte).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 125 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal