Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

17/02/2012 - Bonde News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem finge que é da Sanepar para aplicar golpe


Um cliente denunciou para a Sanepar que vendedores estão aplicando o golpe do filtro, em Ponta Grossa. O golpista se diz parceiro ou empregado da Sanepar e pede para analisar a água. Ele adiciona produtos químicos na água da torneira para que ela fique amarela e faz o morador acreditar que precisa do filtro que ele está vendendo.

"Normalmente, o produto usado por esses vendedores é a ortotolidina, facilmente encontrada em casas de artigos para piscina. A reação química da ortotolidina com o cloro deixa a água amarelada, o que indica apenas que o cloro está presente na água e que, portanto, ela foi tratada conforme a legislação determina", explica o técnico em saneamento Alberto Gabriel de Oliveira Filho.

Segurança

Entre os serviços que a Sanepar realiza, diariamente, nas ruas estão a leitura dos hidrômetros, realizada pelos leituristas, empregados uniformizados e com crachá, as coletas de água para análise e as vistorias de ligações de esgoto.

"Os leituristas da Sanepar estão sempre uniformizados e na maioria das vezes fazem seu trabalho sem entrar no imóvel. Isto acontece apenas quando não é possível visualizar o hidrômetro de fora do terreno", explica o gerente da Sanepar em Ponta Grossa, Leandro Ribas. Mesmo quando o serviço é realizado por empregados terceirizado, há a identificação com crachá e os veículos têm a inscrição "a serviço da Sanepar".

Ele orienta que, em caso de desconfiança, o morador não deve permitir a entrada de ninguém e ligar imediatamente para a polícia. Pessoas idosas, empregados, diaristas, crianças e adolescentes, especialmente os que ficam sozinhos em casa, devem ser alertados e saber como agir em casos desse tipo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 124 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal