Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

16/02/2012 - Agência Financeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Crimes sobre capital custam até 5% do PIB mundial

Estimativas da OCDE.

O branqueamento de capitais e crimes associados custam entre 2% a 5% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial. É esta a estimativa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que endureceu esta quinta-feira as recomendações para combater estes crimes.

Num relatório hoje divulgado da Financial Action Task Force (grupo de trabalho que constrói os critérios e faz recomendações para o combate ao branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo), a OCDE diz que a revisão das recomendações - utilizadas por mais de 180 governos - para combater o branqueamento de capitais, o financiamento do terrorismo e a proliferação de armas de destruição massiva, vai dar às autoridades um quadro mais forte para agir contra este tipo de crimes e responder a novas ameaças que surgem no sistema financeiro internacional.

«A revisão vai permitir às autoridades nacionais ter uma acção mais efectiva contra o branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo a todos os níveis - desde a identificação dos clientes bancários a abrirem contas até à investigação, acusação e penhora de activos. A nível global, a FATF vai também monitorizar e atuar para promover a implementação destes padrões», diz a organização,num comunicado citado pela Lusa.

Giancarlo Del Bufalo, presidente deste grupo, diz que estas recomendações reforçam as salvaguardas no sistema financeiro, os mecanismos de aplicação da lei e promovem uma maior cooperação entre os países, e que a adopção destas demonstra empenho no combate a estes crimes.

«A adopção das recomendações revistas demonstra o compromisso partilhado dos países em combater o branqueamento de capitais, o financiamento do terrorismo e o financiamento da proliferação de armas de destruição massiva».

Entre as principais mudanças operadas pelo grupo de trabalho está a recomendação de uma «implementação consistente das sanções financeiras quando são decididas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas» no que diz respeito ao financiamento da proliferação de armas de destruição massiva, maior transparência para tornar mais difícil terroristas e criminosos esconderem bens através de arranjos legais, critérios mais exigentes para lidar com pessoas politicamente expostas, incluir crimes fiscais no âmbito da lavagem de dinheiro.

A OCDE defende ainda uma cooperação internacional mais eficiente, incluindo a troca de informações entre autoridades relevantes, a condução de investigações conjuntas e a identificar, congelar e confiscar bens ilegais.

A FATF é um grupo no seio da OCDE com 36 membros e onde participam mais de 180 países, e é estipula critérios a nível mundial para o combate ao financiamento do terrorismo, ao branqueamento de capitais e mais recentemente à proliferação de armas de destruição massiva.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 129 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal