Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

10/02/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suposta vidente é presa no CE ao cobrar R$ 2.500 para curar irmãos

Por: André Teixeira

Mulher cobrou valor para livrar cliente e o irmão dele de doença, diz polícia. Suposta vidente é suspeita de aplicar golpe em mais de 100 pessoas.

Uma mulher que se diz vidente foi presa em Brejo Santo, interior do Ceará, por estelionato, após prometer curar o homem e o irmão por R$ 2.500, de acordo com o delegado regional Tenório Brito, que ordenou a prisão da suspeita. A suposta vidente havia cobrado, segundo o delegado, inicialmente R$ 1.000 para curar um homem de sofria de "perturbação da saúde mental". Depois, cobrou mais R$ 1.500 para curar também o irmão do rapaz.

"Como ele não tinha o dinheiro na hora, ele pagou o valor com uma geladeira, e a vidente prometeu rezar para curar a vítima das perturbações", explica o delegado. Em seguida, ainda segundo Brito, a vidente cobrou o valor de R$ 1.500 para curar o irmão do cliente, já que, segundo a mulher, a perturbação foi "transferida" para o irmão.

"Quando ela cobrou a segunda vez, o homem se sentiu lesado e denunciou o caso na delegacia. Ela foi indiciada por estelionato por cobrar por um serviço que não pode realizar, se aproveitando da inocência das pessoas", diz. O delegado diz que em Brejo Santo as curandeiras são comuns. Mas segundo ele, a atividade não configura crime de estelionato, porque as curandeiras têm liberdade religiosa assegurada pela Constituição.

A vidente foi presa na quarta-feira (8) e foi solta após pagar fiança de dois salários mínimos. O cliente recebeu de volta a geladeira que havia usado para pagar pela suposta cura. Em depoimento, de acordo com o delegado, a suspeita assumiu que cobra pelas rezas e negou o crime de estelionato.

Mais de cem golpes

A Polícia Militar obteve como prova dos crimes de estelionato um caderno da vidente com o nome de mais 100 clientes. "Nós vamos analisar caso a caso todos os clientes anotados no caderno. Qualquer um que tenha sido vítima de estelionato, vai ter o seu valor ressarcido", afirma o delgado regional de Brejo Santo.

Brito diz que em cada cliente há valor pago pelos clientes, o serviço realizado pela suspeita e anotações de dívidas pendentes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 141 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal