Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/02/2012 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF terá equipes especializadas em investigar desvios de recursos públicos

Em São Paulo, nova divisão vai começar a funcionar em março.

Em todo Brasil, a Polícia Federal está criando grupos especializados em prevenir, investigar e reprimir desvios de recursos públicos. Em São Paulo, a unidade que hoje lida com crimes financeiros e lavagem de dinheiro passará a investigar casos de corrupção a partir de março.

O delegado Roberto Ciciliati Troncon Filho, diretor-geral da Polícia Federal em São Paulo, diz que a decisão de reorganizar a instituição foi tomada em razão do aumento de denúncias.

Segundo ele, o trabalho da CGU (Controladoria-Geral da União), do TCU (Tribunal de Contas da União) e da Receita Federal contribui para a identificação de uma maior quantidade de casos suspeitos. Hoje, a PF tem mais de 2.000 inquéritos abertos sobre desvios de recursos.

- Muito se fala das questões das grandes obras, que podem ter desvios, e a Polícia Federal tem se preparado, treinado grupos e que atuam em perfeita sintonia com a CGU, com o TCU e a Receita Federal para prevenir e, se for o caso, investigar e reprimir esse tipo de crime.

A previsão é que praticamente todos os Estados tenham divisões especializadas, com exceção dos menos populosos, que serão atendidos por uma regional.

O delegado afirma que, em São Paulo, a PF já tem servidores capacitados pela CGU, TCU e até por órgãos estrangeiros.

Crimes eleitorais

Uma das prioridades da PF neste este é o combate a crimes eleitorais, diz Troncon. Segundo ele, o foco do órgão é a investigação de financiamentos ilegais de campanha.

Crimes menores, como os relacionados a propaganda eleitoral e boca de urna, são apurados em parceria com as polícias civil e militar.

- Agir de modo coordenado para garantir eleições corretas, sem crimes, é fundamental num Estado como São Paulo. [...] Estamos preparados para colaborar.

O delegado Roberto Ciciliati Troncon esteve na Record News nesta terça-feira (7) para participação no programa Cartão de Visita. Ele foi recebido pelo diretor executivo nacional de relações institucionais da Record, Zacarias Pagnanelli.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 126 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal