Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

08/02/2012 - Diário de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresários de pirotecnia conhecem hoje sentença


O Tribunal de Almeirim lê hoje o acórdão do processo de dois empresários de pirotecnia acusados de terem falsificado os seguros para espetáculos que realizaram em 2005 e 2006, tendo num deles sido danificadas três viaturas.

Os dois homens, irmãos, e a empresa que detinham na altura, a Piroespetáculos - Indústria Pirotécnica, de Caminha, foram acusados de três crimes de falsificação de documento e três crimes de burla.

Durante o julgamento, os arguidos aceitaram pagar, em três prestações, os valores que a companhia de seguros Fidelidade teve que pagar aos proprietários das viaturas danificadas e à empresa que contratou para provar que havia sido burlada, num total de 3 288 euros.

Perante o acordo de pagamento, a seguradora acabou por retirar a queixa de burla, passando os arguidos a ser julgados apenas pelo crime de falsificação de documento.

No depoimento prestado em julgamento, um dos arguidos alegou que a falsificação foi feita por um alegado mediador, de nome Meireles, que iria à empresa fazer os seguros temporários antes dos espetáculos.

Nas alegações finais, o procurador do Ministério Público declarou-se surpreendido por os arguidos "passarem a ofendidos e burlados", apesar de, antes da sessão, terem aceitado pagar para que houvesse desistência da queixa de burla.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 165 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal