Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

08/02/2012 - IP Jornal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Malware procura relação no Dia dos Namorados

Os cibercriminosos preparam-se para transformar o romance em lucro, agora que caminhamos a passos largos para o Dia dos Namorados. De acordo com a ESET, podemos esperar nos próximos dias diversos esquemas de engenharia social.

Os criadores de malware, sempre ansiosos por explorarem a curiosidade das suas vítimas, reconhecem um grande potencial na utilização de hiperligações românticas que conduzem o cibernauta a cartões de amor, poemas, músicas ou vídeos.

Contudo, além da insatisfação que a vítima pode sentir quando descobre que o seu admirador secreto não existe, há também a questão de todas as informações confidenciais poderem ser colocadas em risco.

Agora que caminhamos para o dia 14 de Fevereiro estes ataques de engenharia social vão aumentar em volume e arrastar os mais incautos cibernautas. Para que se possa proteger a ESET deixa-lhe quatro conselhos:

Malware em redes sociais
As redes sociais são um importante vector de ataque através de técnicas de engenharia social. Assim todas as mensagens relativas ao tema do Dia dos Namorados, ou outras especialmente atraentes sobre ofertas especiais e presentes exclusivos devem ser analisadas com alguma suspeição, de modo a evitar infecções e prevenir potenciais ameaças. Em particular, tenha cuidado com mensagens que o levam a visitar páginas utilizando hiperligações abreviadas, como bit.ly. Apesar do bit.ly ser um serviço fidedigno e respeitado, pode ser utilizado por cibercriminosos, que procuram uma forma de esconder o endereço completo de destino. Na verdade, estes links tornaram-se numa componente fundamental para o invasor. Se necessitar de verificar onde um link bit.ly vai dar, coloque um sinal ‘+’ no fim do link no campo URL do browser (Exemplo: http://bitly.com/w5LAnh+) e poderá ver o endereço completo.

BlackHat SEO
Depois das redes sociais, os motores de busca são o meio principal utilizado pelos cibercriminosos para atraírem os utilizadores para sites maliciosos. Para o efeito, os utilizadores mal intencionados estão a usar técnicas denominadas de BlackHat SEO para posicionar estas páginas falsas em locais de destaque nos motores de busca, para que possam infectar milhares de utilizadores, num curto espaço de tempo.

Postais Românticos Falsos
Esta talvez seja a prenda virtual que atrai mais utilizadores, especialmente no Dia dos Namorados e os cibercriminosos estão conscientes deste facto. É aliás por esse motivo, que eles fazem circular cartões falsos e weblinks que permitem o download de código mal-intencionado.

Privacidade e roubo de informação
O malware não é o único tipo de ameaça a proliferar no dia dos namorados. Por razões relacionadas com este dia, há muitas aplicações relacionadas em redes sociais (sobretudo Facebook) que tiram proveito do romantismo das suas vítimas induzindo-as a partilhar informação.
Quando dá um clique nessas aplicações e escolhe Permitir dá ao cibercriminoso o acesso a diversas informações. Para além disto a aplicação irá permitir a colocação de mensagens no seu mural, como se partissem de si. Importa salientar que sempre que instala uma aplicação no Facebook, dá ao seu criador o acesso aos seus dados pessoais. É por esse motivo que deve ser muito seletivo nas aplicações que instala.
Se por algum motivo caiu no erro de instalar uma destas aplicações então deverá começar por limpar o seu mural e posteriormente remover a aplicação da sua conta do Facebook. Carregue na seta localizada no canto superior direito e escolha a opção definições de conta. Depois vá a aplicações, localize a aplicação maliciosa que instalou e clique no ‘X’ localizado na mesma linha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 104 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal